Connect with us

Em destaque

Alunos a optar pelos politécnicos como primeira opção aumentam 30%

Rita Costa

Publicado há

em

Na primeira fase de Concurso Nacional de Acesso, ingressaram no ensino politécnico 20.293 candidatos, mais 3.073 alunos do que em 2019, “o que representa um aumento de 18% num ano”, realça o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP) em comunicado.

Pedro Dominguinhos, presidente do CCSIP, em análise aos dados divulgados pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, destaca o aumento de 30% dos candidatos que optaram pelo ensino politécnico como 1ª opção. Mas este não foi o único aumento registado… O ingresso em instituições localizadas em territórios menos populados e mais afastados dos grandes centros urbanos, registou um aumento de 24% na procura.

Pedro Dominguinhos, acredita que, “estes resultados demonstram que, apesar do momento que vivemos, de incerteza relativamente ao futuro, os jovens e as famílias acreditam que o ensino superior é um investimento importante a longo prazo”, comenta depois de conhecer os números relativos às candidaturas para o ano letivo 2020/21.

“O reforço da qualificação da população portuguesa” e o “posicionamento (do ensino politécnico) na criação de valor para os territórios” e para as populações onde estão inseridos, são prioridades estratégicas do CSSIP que assume, em comunicado, o objetivo de posicionar o ensino politécnico na linha da frente, “como parceiro na construção de um Portugal moderno, assente no conhecimento” e ” com o objetivo de alcançar um Ensino Superior para todos”.

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *