Connect with us

Em destaque

Universidade de Lisboa e do Porto adotam processo de inscrições online

Rita Costa

Publicado há

em

As longas filas que esperavam os novos alunos que se matriculavam pela primeira vez na faculdade, não serão um cenário comum nem expectável neste ano letivo.

De acordo com declarações prestadas à TSF, o processo foi digitalizado na grande maioria das instituições de ensino. “Todo o processo em todas as escolas – é um trabalho de 18 escolas – vai ser online”, afirma Dulce Domingos, pró-reitora da Universidade de Lisboa, explica que as escolas criaram um sistema que mistura internet e telemóvel.

Dulce Domingos esclarece como serão feitos os procedimentos, que serão guiados por via eletrónica. “Os alunos irão receber um SMS com informação dos vários passos que têm de fazer para aceder aos sistemas. O primeiro passo vai ser autenticarem-se, ou seja, vão receber as credenciais para se poderem autenticar no sistema para depois, a partir daí, poderem fazer a matrícula e a inscrição.”

A norte, na região do Porto, o reitor António Sousa Pereira também transportou todo o processo de matrículas online, e manteve a regra de anos anteriores. “As inscrições vão ser online. Temos tudo preparado para fazer uma receção online aos novos estudantes e temos um conjunto grande de atividades programadas.”

Relativamente à realização de praxes, dentro da universidade, o reitor afirma: “A Universidade do Porto já proibiu as praxes dentro da universidade há muito tempo. Felizmente este ano, temos também a colaboração da Federação Académica, que, em sintonia com a universidade, decidiu cancelar todas as atividades de receção que tinha previsto.”

“Não é previsível que na Universidade do Porto aconteçam praxes”, conclui o reitor.

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *