Connect with us

A Tua Revista

AAUTAD. Um 2017 em grande!

Avatar

Publicado há

em

O ano que está a chegar ao fim foi de sucesso para a Associação Académica de Trás-os-Montes e Alto Douro. Cada vez mais empenhada em proporcionar aos estudantes desta região múltiplas atividades sociais, desportivas e culturais, esta organização destaca aqui os momentos mais importantes do convívio entre os alunos ao longo de 2017.

Regida pelos princípios gerais do movimento associativo – Democracia, Independência e Representatividade – a Associação Académica de Trás-os-Montes e Alto Douro (AAUTAD) foi fundada a 24 de fevereiro de 1988.
Ao longo dos anos, aquela que é a maior Associação Recreativa, Cultural e Desportiva da região transmontana tem vindo a assumir um papel cada vez mais importante na vida dos estudantes da academia, organizando as mais variadas atividades. E em 2017, a AAUTAD apostou novamente em variadíssimas atividades, desde a ação social à cultura.

Os eventos em 2017
De 24 de abril a 1 de maio, Vila Real abriu portas a mais uma Semana Académica com um cartaz marcante onde constavam nomes como Diogo Piçarra, João Pedro Pais, Regula e DJ Ademar. A Semana Académica 2017 recebeu mais de 40 mil pessoas que vibraram ao longo de uma semana loucamente histórica, que contou ainda com a habitual Monumental Serenata onde, de capas traçadas e as emoções à flor da pele, os novos alunos viam ali o começo daqueles que serão os melhores anos das suas vidas, e os finalistas relembravam todos os momentos que viveram nesta mui nobre academia. Chegada a Bênção das Pastas e a Queima das Fitas, foi a 29 de abril que, num misto de alegria e de tristeza, os finalistas viram chegar o momento da partida. Com o apoio dos familiares e amigos mais próximos, queimaram e brindaram aos melhores anos das suas vidas.

E como tudo na vida é um ciclo, após a partida de uns, o mês de setembro é marcado pela chegada de outros: Os novos alunos! A pensar nisto a AAUTAD, em conjunto com os Serviços Sociais e a Reitoria, organizaram uma atividade de cariz lúdico e desportivo destinada aos novos estudantes da academia transmontana. Os Jogos Sem Fronteiras contaram com a presença de quase 700 alunos e tiveram como principais objetivos a sua integração e a prática de exercício físico. Mais do que a competitividade, foi a união a palavra-chave desta tarde, que contou com uma grande diversidade de jogos para os mais recentes estudantes da academia, que colaboraram e integraram parcerias entre alunos de cursos diferentes, colocados em várias equipas para realizarem os jogos em conjunto.

Quase no final do mês de outubro, os estudantes da UTAD viram chegar a Caloirada aos Montes. Ao longo de cinco dias, quem passou por Vila Real teve a oportunidade de assistir a concertos de Toy, Virgul, Wet Bed Gang e Karetus, entre outros. Durante uma semana, a Caloirada aos Montes sonhou com um fogo que arde sem se ver, prometeu iluminar os caminhos a quem não os encontrava, e concretizou, resultando numa semana inesquecível.
Há que realçar também o projeto Dá-me sete horas aos meus sete dias, onde um banco de voluntariado de alunos da UTAD conseguiu apoiar famílias carenciadas da região, sinalizadas e visitadas duas vezes por semana pelos alunos, que prestaram apoio social e psicológico assim como ao nível da saúde primária ou de outras valências do bem-estar.

A AAUTAD orgulha-se do êxito deste ano letivo, que só foi possível graças ao bom planeamento por parte da organização e à colaboração de toda a academia. Só num caminho conjunto entre a instituição, a academia e a cidade de Vila Real se conseguirão superar os padrões perpetuados este ano!

[Texto e Fotos: Associação Académica de Trás-os-Montes e Alto Douro]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *