Connect with us

A Tua Revista

A estudar fora de Portugal? Conhece seis tradições Natalícias portuguesas

Publicado há

em

Imagem de: Adobe Stock

Viajar é das melhores coisas do mundo. Conhecer novas pessoas, diferentes culturas, novos cheiros e novos locais. Na universidade, @s estudantes têm a oportunidade de ir, praticamente, para qualquer parte do mundo, o que é ótimo, porque nos faz crescer como pessoas. No entanto, sabemos que dezembro é a época natalícia, cheia de sentimentos nostálgicos e a altura em que sentimos muito mais falta da família e amig@s.

Se és estudante e estás noutro país, não te sintas em baixo. Aproveita para desfrutares desta época do ano de forma diferente, com outras pessoas.

E a verdade é que temos sempre as redes sociais e as videochamadas!

Mas, sabemos que não é a mesma coisa. Para te animar, selecionamos seis tradições de Natal portuguesas para te sentires em casa, mesmo a quilómetros de distância.

#1 MONTAR A ÁRVORE DE NATAL E O PRESÉPIO

Uma tradição que existe de norte a sul de Portugal e ilhas. Mesmo que estejas longe de casa, podes sempre comprar um pinheiro e enfeitar com a tradicional decoração.

As luzes, a neve fictícia, as fitas e as bolas coloridas e, claro, o anjo e a estrela no topo da árvore. Também podes ensinar às pessoas que vão passar o Natal contigo a montar o presépio, o símbolo do nascimento de Jesus.

#2 TROCA DE PRENDAS

Em Portugal, é tradição trocar prendas entre entes queridos, amig@s e até colegas de trabalho, muitas das vezes através d@ amig@ secreto. Se vais passar o Natal com amig@s internacionais ou com uma família estrangeira, podes sempre fazer o amig@ secret@ com el@s.

#3 CEIA DE NATAL

Não há nada mais português. O bacalhau cozido com batatas e couves também cozidas é tradição todos os anos na ceia de Natal do nosso país. No entanto, dependendo das regiões e da preferência das famílias, em vez do bacalhau também é costume comer-se polvo ou peru.

Se tens dotes culinários, ou mesmo que não tenhas, podes cozinhar um destes pratos. Vais sentir-te logo em casa. E não te esqueças dos doces, claro! São muitos. Podes fazer rabanadas, azevias, aletria, sonhos, filhoses e o bolo-rei ou bolo-rainha, um símbolo natalício bem português.

#4 CARETOS DE VARGE

Só o cheiro destas iguarias vai-te fazer viajar até Portugal, mesmo que seja só em pensamento.

És de Trás-os-Montes e estás a ler este artigo na secretária do teu quarto num país de qualquer canto do mundo? Então, estás no sítio certo. Uma tradição bem portuguesa, que tem origem na aldeia de Varge, é a animação dos Caretos de Varge, que faz parte da Festa dos Rapazes, para celebrar o solstício de Inverno.

A ideia é vestires-te de Careto e podes dizer também aos teus amig@s internacionais para o fazerem contigo. Depois, segundo a tradição, têm de ir para a rua espalhar a desordem, chocalhando as mulheres, o que simboliza o regresso à terra fecundada.

#5 O BANANEIRO DE BRAGA

Nesta cidade nortenha, é tradição que na noite de 24 de dezembro, as pessoas se reúnam numa taberna, pouco antes da ceia de Natal. A ideia é que comam uma banana com um moscatel, uma bebida típica portuguesa, para desejar um feliz Natal aos vizinh@s e amig@s.

Esta tradição começou, há vários anos, como um convívio entre amigos que iam beber moscatel antes da consoada. Quando pediram algo para comer, foi-lhes oferecida uma banana. Hoje em dia é um ritual que junta muito mais pessoas. Se és do norte, ou até mesmo de Braga, podes recriar este costume no local onde estejas a passar esta época do ano.

Na Véspera de Natal, junta um grupo de amig@s e vão até uma taberna ou bar para beberem um copo e claro, comerem uma banana. Se tens o costume de cumprir esta tradição, vais, com certeza, sentir-te em casa.

Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *