Connect with us

Lazer & Cultura

MEXE regressa ao São João com produção que chama à atenção para vítimas de violência

Publicado há

em

Imagens cedidas por: Central de Informação

No ano em que assinala uma década de existência, o MEXE – Encontro Internacional de Arte e Comunidade tem, uma vez mais, passagem assegurada pelos espaços do Teatro Nacional São João (TNSJ). Criado e protagonizado pela companhia chilena La Re-Sentida, Paisajes Para No Colorear vai juntar no palco do Teatro Carlos Alberto (TeCA), no dia 18 de setembro, nove adolescentes chilenas que interpretam e revivem o mundo e a sua brutalidade, através dos seus testemunhos pessoais.

O espetáculo complementa-se com a oficina Tenemos Mucho Que Decir, que se realiza nos dias 20 e 21 de setembro.

Encenado por Marco Layera, Paisajes Para No Colorear chega a Portugal três anos após a sua estreia, no Centro Cultural Gabriela Mistral, em Santiago do Chile. Esta produção traduz a prática social e política chilena numa representação artística pensada e protagonizada por um grupo de adolescentes, sem formação profissional. O processo criativo contou com um contributo massivo de uma jovem geração chilena, crítica do passado e do presente do seu país. Entre os mais de 200 jovens contactados, mais de cem raparigas revelaram ter sido violentadas e subjugadas por adultos. Esta dura realidade chilena fica expressa nas vozes das protagonistas do espetáculo, que se mostram desejosas de um futuro, de um país e de um mundo melhor.

Entre a necessidade de reivindicação diária da humanidade e a ideia de alimentar o futuro, alguns dos principais pilares da 6ª edição do MEXE, Paisajes Para No Colorear é complementado com a oficina artística Tenemos Mucho Que Decir.

Durante dois dias, 20 e 21 de setembro, às 10h00, no TeCA, a companhia La Re-Sentida vai desafiar os participantes a revelar os seus mundos subjetivos, as suas experiências, preocupações, necessidades e imaginários, com o intuito de descobrir, através de expressões teatrais, um “suporte de manifestação social e ideológico” que contribua não só para o grupo de participantes como para a comunidade onde estão inseridos.

Integrado na 6ª edição do MEXE, cuja programação tem como tema “O Risco de Sermos Humanos”, Paisajes Para No Colorear pode ser visto no dia 18 de setembro, às 19h00. O espetáculo é apresentado em língua castelhana, com legendas em português.

Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

– Publicidade –

Artigos recentes

– Publicidade –

– Publicidade –

– Publicidade –