Connect with us

Ciência & Tecnologia

Experiência da UC vai à estratosfera no balão BEXUS 31 da Agência Espacial Europeia

Beatriz Cavaca

Publicado há

em

A experiência científica “STRATOSPOLCA”, desenvolvida por um grupo de estudantes da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), em resultado de uma colaboração entre a Secção de Astronomia, Astrofísica e Astronáutica da Associação Académica de Coimbra e o Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas de Coimbra, vai até à estratosfera com o balão BEXUS 31, integrado no 13º ciclo do programa de experiências com foguetões/balões para estudantes universitários (REXUS / BEXUS – Rocket and Balloon Experiments for University Students), promovido pela Agência Espacial Europeia (ESA).

O lançamento do BEXUS 31 para a estratosfera irá decorrer entre setembro e outubro de 2020, em Kiruna, na Suécia.

O objetivo da experiência “STRATOSPOLCA” é medir, em função da altitude, a radiação de fundo da estratosfera no comprimento de onda dos raios gama.

Os resultados dessas medições,  pretendem ser uma contribuirão para melhorar a sensibilidade dos futuros telescópios que observam o céu no comprimento de onda gama. Neste comprimento de onda, o céu revela-nos os fenómenos mais energéticos e cataclísmicos do Universo, como supernovas, pulsares, o centro das galáxias ou o colapso de estrelas, em particular esperam-se medir novos surtos de raios gama associados à deteção de ondas gravitacionais, contribuindo para a nova área da astronomia.

Sobre a participação neste programa da ESA, que resulta de um rigoroso processo de seleção, Rui Curado Silva professor e investigador neste projeto não tem dúvidas que: “constituirá uma mais-valia para a aquisição de competências técnicas e científicas no domínio da instrumentação e das ciências espaciais, dado que o programa inclui várias semanas de formação dos alunos com profissionais da Agência Espacial Europeia, para além do próprio desenvolvimento e montagem do dispositivo na plataforma de balão da ESA” explica em nota envida à redação.

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PGRpdiBjbGFzcz0iZXB5dC12aWRlby13cmFwcGVyIj48aWZyYW1lICBzdHlsZT0iZGlzcGxheTogYmxvY2s7IG1hcmdpbjogMHB4IGF1dG87IiAgaWQ9Il95dGlkXzYyNjA3IiAgd2lkdGg9IjQ5MCIgaGVpZ2h0PSIyNzYiICBkYXRhLW9yaWd3aWR0aD0iNDkwIiBkYXRhLW9yaWdoZWlnaHQ9IjI3NiIgIGRhdGEtcmVsc3RvcD0iMSIgc3JjPSJodHRwczovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS9lbWJlZC9SZ0RXTGpXUjktaz9lbmFibGVqc2FwaT0xJmF1dG9wbGF5PTAmY2NfbG9hZF9wb2xpY3k9MSZyZWw9MCZpdl9sb2FkX3BvbGljeT0xJmxvb3A9MCZtb2Rlc3RicmFuZGluZz0xJmZzPTEmcGxheXNpbmxpbmU9MCZhdXRvaGlkZT0yJnRoZW1lPWRhcmsmY29sb3I9cmVkJmNvbnRyb2xzPTEmIiBjbGFzcz0iX195b3V0dWJlX3ByZWZzX18gIG5vLWxhenlsb2FkIiBkYXRhLXZvbD0iMTAiICBkYXRhLWVwYXV0b3BsYXk9IjEiICB0aXRsZT0iWW91VHViZSBwbGF5ZXIiICBhbGxvdz0iYXV0b3BsYXk7IGVuY3J5cHRlZC1tZWRpYSIgYWxsb3dmdWxsc2NyZWVuIGRhdGEtbm8tbGF6eT0iMSIgZGF0YS1za2lwZ2Zvcm1fYWpheF9mcmFtZWJqbGw9IiI+PC9pZnJhbWU+PC9kaXY+