Connect with us

A Tua Revista

O que podes explorar na tua nova localização…

Flávia Ramalho

Publicado há

em

O que podes explorar na tua nova localização…

Adapta-te à cidade e ao distrito que te vai receber e conhece à mesa e em visitas o que de melhor a região tem para te oferecer. A Mais Superior apresenta-te algumas sugestões, que foram difíceis de escolher, ou não fosse o nosso país tão rico – gastronómica e culturalmente falando.

Aveiro

– Museu de Aveiro: Para melhor conheceres a história da cidade, ao longo dos tempos.

– Leitão da Bairrada: Acompanhado de batatas fritas, molho e um ou outro pedaço de laranja. Experimenta!

Beja

– Castelo de Beja: Passagem obrigatória! Excelente vista sobre a cidade e a região num ambiente medieval.

– Sericaia: A receita tem vindo a ser alterada e é de comer e chorar por mais.

Braga

– Sé de Braga: Não há Braga sem a Sé, este é local obrigatório para quem quer conhecer a cidade.

– Papas de Sarrabulho: Acompanhadas por um vinho verde, consegues conhecer a verdadeira identidade do distrito de Braga!

Bragança

– Castelo de Bragança: Símbolo da independência perante Leão e Castela.

– Feijoada à Transmontana: Um prato farto e colorido é o que melhor descreve o distrito de Bragança.

Castelo Branco

– Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco: O espaço arquitetónico completa-se com a curadoria que vai sendo exposta no interior.

– Maranhos à moda da Sertã: Se o prato leva mais de uma hora a ser confecionado, imagina o sabor que terá!


Coimbra

– Universidade de Coimbra: Ou não fosse esta uma cidade de estudantes!

– Pasteis de Tentugal: Criados pelas carmelitas e apreciados por todos… Não há melhor forma de explorar o distrito de Coimbra.

Évora

– Templo de Diana: O Templo de Diana é o principal vestígio da ocupação romana, em Évora.

– Sopa de Cação: É típica de Vila Viçosa e não só enche o prato como também enche o olho!

Faro

– Xarém com Conquilhas: É algarvio, costuma comer-se em Tavira e deves conhecer!

– Museu Municipal de Faro: É um misto de arqueologia e arquitetura. Vale a pena, visitar!

Guarda

– Presunto Curado: Quando a neve não aparecer na Serra da Estrela, senta-te à mesa com um presunto curado!

– Museu da Guarda: Para fazeres uma viagem pela história desde a Idade do Bronze até ao século XX!

Leiria

– Castelo de Leiria: De Afonso Henriques a D. Dinis, neste local, respira-se história!

– Pão-de-Ló de Alfeizerão: Quem passa por Alfeizerão, não passa sem o pão-de-ló provar!

Lisboa

– Panteão Nacional: Símbolo do país e da cidade é um dos mais emblemáticos edifícios da cidade emerece uma visita.

– Queijadas de Sintra: Vai à Casa Piriquita e prova as queijadas de Sintra! Não te vais arrepender!

Açores

– Parque Terra Nostra: Um dos mais bonitos jardins do mundo com águas termais a 25º C.

– Alcatra: É carne de vaca (ou peixe!) cozinhada lentamente num tacho de barro… Já sentes o cheirinho?

Madeira

– Casas tradicionais de Santana: O mais conhecido postal da ilha da Madeira, que nos conta sobre a história da Madeira.

– Poncha: Bebida tradicional e emblemática. Depois conta-nos, se gostaste, e quais são os sinónimos de mexelote.

Portalegre

– Catedral de Portalegre: Local incontornável e se fores ao pôr-do-sol consegues fotos muito interessantes!

– Migas de Batata: Podes comer as melhores para os lados do Marvão. E vais repetir.

Porto

– Livraria Lello: Serviu de inspiração para J. K. Rowling escrever Harry Potter. E é mágica!

– Sopa Seca: Serve-se quente, por isso, não te atrases a experimentar. Ah… depois prova um dos vinhos do Douro!

Santarém

– Igreja da Graça: Um marco do gótico e impressiona os visitantes com vários detalhes que engrandecem o espaço.

– Bom Marido: Este pode ser comprado e com a garantia de que é sempre bom!

Setúbal

– Queijo de Azeitão: São 8 cm de diâmetro e 5 cm de altura de puro prazer!

– Parque Natural da Arrábida: Entre o azul do mar e o verde da serra! Podes dar um mergulho, mas – avisamos-te – as águas são frias!

Viana do Castelo

– Santuário do Sagrado Coração de Jesus: Ex-libris da cidade de Viana do Castelo destaca-se ainda o panorama.

– Charutos dos Arcos: Se acompanhares os charutos dos arcos com rodelas de laranja do Ermelo, estás perto de saber o que é o céu.

 

[Imagens: Mais Superior/Pexels]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *