Connect with us

Em destaque

3CKET, Ready2Start, UpHill e Livros de Ontem: as startups de jovens com crescimento exponencial

Sofia Rebanda

Publicado há

em

Tiago Marques, Sara Aguiar, Eduardo Freire Rodrigues e João Batista são jovens empreendedores que ao detetarem uma falha no mercado, desenvolveram uma ideia inovadora e lutaram por um sonho ao se dedicarem à construção de uma startup.

3CKET, Ready2Start, UpHill e Livros de Ontem foram os nomes que deram aos projetos inovadores de crescimento exponencial, que marcam cada área da respetiva aplicação.

 

Tiago Marques (27 anos), 3CKET
Idade com que criou a startup: 24 anos

Tiago iniciou o projeto em 2016 com mais dois sócios (Nuno e Filipe). Juntos organizaram a conferência IMSHARE, em 2015.

Neste evento começaram por utilizar o Excel como ferramenta de gestão de participantes. O sucesso foi grande e por isso aumentarão a lotação da conferência. Desta forma, os meios que utilizaram para gerir o número de participantes já não serviam. Assim, decidiram experimentar fazer o próprio sistema de faturação e de bilhética.

A 3CKET é uma plataforma online de gestão de participantes num evento. O utilizador pode comprar um bilhete digital que é recebido através de um SMS.
No dia do evento, a pessoa pode trocar o bilhete (QR Code) por uma pulseira/cartão do evento (Gateway).
Com o telemóvel, pode carregar a pulseira via referência multibanco ou MBway e passar a pulseira nos bares, descontando o valor dos produtos consumidos.
É disponibilizado, em tempo real, o número de pessoas que já entraram no evento, os consumos de cada bar e as bebidas mais consumidas, diferenciando-as por género.

Esta startup demorou cerca de 6 meses a ficar funcional. Foi a compra do serviço pela “Revenge of the 90’s” que impulsionou a conceção do produto como é hoje. Esta startup tornou-se um sucesso e o negócio tem vindo a crescer.

“O nosso único financiamento veio de horas de trabalho, nossas e pro-bono. Neste momento já somos oito pessoas a trabalhar em full time”, explica Tiago Marques, CEO e cofundador da 3CKET.

 

Sara Aguiar (22 anos), Ready2Start
Idade com que criou a startup: 21 anos

A Ready2Start vende negócios prontos a lançar, a partir de uma Caixa que inclui tudo o que é necessário para experimentar e testar um pequeno negócio, em side project e sem ter de criar uma empresa. Fornece desde uma marca, a um website, ao modelo de negócio, passando pela comunicação, materiais e um plano de marketing. Além disso, inclui um conjunto de Planos de Ação e de Guias Práticos sobre a gestão do negócio, e o acesso à Plataforma Ready2Start, que permite aos empreendedores faturar através da própria Ready2Start. O conceito surgiu da vontade de democratizar o acesso ao empreendedorismo comum, para que qualquer pessoa pudesse experiênciá-la. Logo após ter concluído a Licenciatura, Sara foi convidada por António Lucena de Faria e Martim Caldeira (ex aluno de António) para colaborar na criação na startup.

Segundo esta empreendedora: “Para ter uma startup é preciso estar disposto a lidar, todos os dias, com a incerteza, gerindo recursos, resolvendo problemas, encontrando oportunidades, e celebrar cada pequena conquista.”

 

Eduardo Freire Rodrigues (28 anos), UpHill
Idade com que criou a startup: 25 anos

UpHill é a startup de software que simplifica o acesso à informação de saúde, através de um software que apresenta ao profissional, de forma rápida e simples, o mais relevante para cada caso clínico. Os profissionais podem resolver casos clínicos e receber feedback imediato.

Foi criada em 2016, na Covilhã, numa parceria entre Eduardo, Duarte e Luís, todos formados em medicina e com uma vontade comum: aproximar os cuidados de saúde prestados em Portugal da melhor investigação científica. No mesmo ano, receberam o Prémio Nacional Jovem Empreendedor da ANJE, o seu primeiro investimento externo, no valor de 80 mil euros. Mais tarde, mudaram-se para Lisboa para fazer crescer o negócio.

“Acreditamos que foi o progresso dos nossos indicadores de desempenho e eficiência na utilização do capital prévio que atraiu novos investidores”, explica Eduardo Rodrigues, CEO e co-fundador da UpHill.

O sucesso tem aumentado. No início de 2019 receberam uma nova ronda de investimento no valor de 600 mil euros, contam com uma equipa de nove pessoas e estão a contratar para aumentar a equipa até ao final do ano. Somam mais de 60 mil utilizadores inscritos nas plataformas e estão presentes na maioria dos hospitais privados em Portugal. Num futuro próximo, pretendem alastrar o negócio para o mercado internacional.

 

João Batista (26 anos), Livros de Ontem
Idade com que criou a startup: 19 anos

João foi o vencedor da Melhor Ideia de Negócio (prémio de empreendedorismo da FCSH-NOVA e Santander-Totta) e do programa de televisão “The Next Big Idea”, com a startup Livros de Ontem – uma editora de livros especializada na descoberta e publicação de novos autores de língua portuguesa. Ajuda os novos autores a iniciarem a sua carreira literária e cria oportunidades de publicação para quem não consegue aceder às editoras tradicionais. Funciona através do modelo de Crowdpublishing (modelo de negócio que João criou com a PPL), dando a oportunidade aos leitores de participarem ativamente na seleção dos livros que publicam e no processo de edição.

A ideia para esta startup partiu da dificuldade de aceder aos livros recomendados para cada uma das unidades curriculares do Curso Superior. O projeto surgiu, inicialmente, como uma plataforma de compra e venda de livros académicos usados, desenvolvido em conjunto com mais duas colegas que estudavam com João. Por razões pessoais, ambas decidiram abandonar o projeto e o empreendedor viu-se forçado a tomar as rédeas e fazer os ajustes necessários para conseguir avançar sozinho. Nádia Amante, designer, juntou-se a João e em 2012, fundaram a empresa.

Nunca quiseram recorrer a financiamento bancário. Começaram sem investimento e o projeto foi crescendo devagar e de forma orgânica.

Mais tarde, asseguraram o financiamento proveniente do prémio de empreendedorismo da FCSH-NOVA e Santander-Totta. Todos os restantes proveitos surgiram das vendas.

 

 

[Foto: Unsplash]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PGRpdiBjbGFzcz0iZXB5dC12aWRlby13cmFwcGVyIj48aWZyYW1lICBzdHlsZT0iZGlzcGxheTogYmxvY2s7IG1hcmdpbjogMHB4IGF1dG87IiAgaWQ9Il95dGlkXzk4OTk4IiAgd2lkdGg9IjQ5MCIgaGVpZ2h0PSIyNzYiICBkYXRhLW9yaWd3aWR0aD0iNDkwIiBkYXRhLW9yaWdoZWlnaHQ9IjI3NiIgIGRhdGEtcmVsc3RvcD0iMSIgc3JjPSJodHRwczovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS9lbWJlZC9SZ0RXTGpXUjktaz9lbmFibGVqc2FwaT0xJmF1dG9wbGF5PTAmY2NfbG9hZF9wb2xpY3k9MSZyZWw9MCZpdl9sb2FkX3BvbGljeT0xJmxvb3A9MCZtb2Rlc3RicmFuZGluZz0xJmZzPTEmcGxheXNpbmxpbmU9MCZhdXRvaGlkZT0yJnRoZW1lPWRhcmsmY29sb3I9cmVkJmNvbnRyb2xzPTEmIiBjbGFzcz0iX195b3V0dWJlX3ByZWZzX18gIG5vLWxhenlsb2FkIiBkYXRhLXZvbD0iMTAiICBkYXRhLWVwYXV0b3BsYXk9IjEiICB0aXRsZT0iWW91VHViZSBwbGF5ZXIiICBhbGxvdz0iYXV0b3BsYXk7IGVuY3J5cHRlZC1tZWRpYSIgYWxsb3dmdWxsc2NyZWVuIGRhdGEtbm8tbGF6eT0iMSIgZGF0YS1za2lwZ2Zvcm1fYWpheF9mcmFtZWJqbGw9IiI+PC9pZnJhbWU+PC9kaXY+