Connect with us

Novidades

Portugal investe 300 milhões em startups

Avatar

Publicado há

em

A estimativa foi dada pelo próprio Primeiro-Ministro António Costa no evento Road 2 Web Summit, que deu a conhecer as 66 startups que vão representar Portugal na Web Summit, a conferência de tecnologia que acontece em Lisboa em novembro.

São duas as linhas de financiamento a empresas lançadas pelo Governo, como forma de sinalizar o empenho do país em tornar-se, cada vez mais, um pólo de empreendedorismo, tecnologia e inovação. Os Vales de Incubação e os Startup Voucher prometem dar um impulso ainda maior às startups nacionais – segundo António Costa, são “as duas maiores linhas de financiamento algumas vez abertas para criar startups em Portugal” – e as candidaturas já se encontram abertas.

Os Vales de Incubação têm como objetivo promover a integração de empreendedores e startups no ecossistema, com um apoio de 5 mil euros por candidatura aprovada. A medida, que tem um investimento global de 10 milhões de euros, é financiada pelos programas operacionais do Portugal 2020, e poderá ser usada em incubadoras certificadas pelo IAPMEI. Cada incubadora de empresas pode apoiar um máximo de 20 projetos, e as candidaturas terminam a 30 de dezembro.

Os Startup Voucher são bolsas com o valor mensal de 691,70 euros, ao longo de um ano. Podem candidatar-se jovens com menos de 35 anos, preferencialmente com o 12º ano de escolaridade e que, na altura da candidatura, estejam a residir no país ou no estrangeiro, mas que queiram lançar uma startup em Portugal. As candidaturas estão disponíveis no site do IAPMEI, por um período de 2 meses.

Estas duas linhas de investimento, ainda de acordo com o Primeiro-Ministro, visam “alavancar um investimento global superior a 300 milhões de euros”.

[Foto: Web Summit]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *