Connect with us

Novidades

As primeiras identidades digitais portuguesas

Publicado

em

As nossas identidades no mundo digital, num projeto europeu apresentado amanhã na Fundação Calouste Gulbenkian.

André Alves, Claudia Fischer, Paulo Mendes e Pedro Portugal são os quatro artistas portugueses seleccionados para participar no projeto da Streaming Egos –
Identidades Digitais, uma iniciativa do Goethe Institut.

Esta iniciativa tem como objetivo questionar, através de um olhar artístico, de que forma as nossas identidades se multiplicam e transformam no mundo digital e as implicações destas mudanças para a nossa representatividade real e imaginária.

Envolvendo seis países europeus – Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Itália e Portugal – em cada um deles existe um curador que convida artistas, criadores e autores de várias áreas a criar obras de arte e peças digitais sobre a questão da(s) identidade(s) digital(s).

Os projetos da curadoria portuguesa intitulam-se Geografias Mutantes e focam-se na identidade coletiva, na representação e na identidade de Portugal e da Europa na era digital. Foram concebidos especificamente para o meio digital pelos artistas plásticos André Alves, Claudia Fischer, Paulo Mendes e Pedro Portugal, e serão apresentados online, através da colaboração de uma equipa de designers do atelier vaStudio, no dia 14 de janeiro, pelas 18h30, na Sala 1 da Fundação Calouste Gulbenkian.

[Foto: Divulgação]

Continue Reading
Publicidade
Clica para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *