Connect with us

Em destaque

Investigadores da UAlg estudam o impacto da quarentena na saúde mental dos portugueses

FIlipa Tojal

Publicado há

em

Imagem: ualg

A Escola Superior de Saúde da Universidade do Algarve (UAlg) está a coordenar um estudo internacional que pretende avaliar o impacto da quarentena, fruto da pandemia Covid-19, na saúde mental dos cidadãos portugueses. A Universidade de Évora, a Escola Superior de Saúde do Politécnico de Leiria e de universidade brasileiras, também participam nesta investigação.

A primeira fase do estudo, composta por 918 pessoas, evidencia a presença de sintomas depressivos (35,8%) e de ansiedade (20%), com especial destaque para o género feminino, e para as faixas etárias mais jovens, onde os principais motivos se centraram na insatisfação com a saúde e nos rendimentos económicos.

Daqui a seis meses existirá uma segunda fase do projeto, com os mesmos participantes, onde serão recolhidos os mesmos dados para efeitos comparativos.

Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *