Connect with us

Em destaque

Devido à falta de novos filmes alguns cinemas só vão reabrir em julho

Joana Fonseca

Publicado há

em

Pexels

Como parte da terceira fase de desconfinamento, o Governo autorizou a reabertura das salas de cinema no dia 1 de junho, mas a FEVIP (Associação Portuguesa de Defesa de Obras Visuais enviou uma carta ao Governo e ao ICA(Instituto de Cinema e Audiovisual) que seja feito um adiamento até dia 2 de julho.

As principais distribuidores de Portugal não têm novos filmes para exibir, António Paulo Santos afirma “Reabrir as salas sem novos filmes equivale a ter um supermercado com as prateleiras vazias ou cheias de produtos cujo prazo de validade já passou.”

O maior problema reside nas grandes cadeias, sobretudo as que ficam nos centros comerciais, onde existem muitas salas, mas não há filmes suficientes para exibir e atrair espectadores.

Algumas salas de cinemas irão reabrir dia 1 de junho, outras preferem esperar para que haja filmes para exibir.

Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *