Connect with us

Lazer & Cultura

Mercado do Colecionismo relembra memórias e traz nostalgia

Sofia Rebanda

Publicado há

em

O colecionismo pretende reanimar o Mercado de Santa Clara ao enchê-lo de cultura e arte, para os mais curiosos e os amantes de coleções. Este Mercado abre as suas portas nos dias 31 de maio, 1 e 2 de junho.

Nesta prática são guardados, organizados, selecionados, trocados e expostos diversos itens por categoria, em função dos interesses pessoais. O colecionismo tem vindo a conquistar cada vez um maior número de interessados, que se apegam à nostalgia e memórias do passado ou à curiosidade e interesse pelos objetos mais antigos, que não tiverem oportunidade de conhecer no seu presente. Estas motivações pessoais do público são o que levam à organização da segunda edição do Mercado de Colecionismo.

Com esta exposição de objetos colecionados pretende-se promover junto da comunidade, um pouco de cada um. Os saberes, a cultura e a história, incentivam o colecionismo, a reciclagem e o comércio de rua e é essa a mensagem que se transmite neste mercado.

O Mercado do Colecionismo pretende ser o ponto de encontro entre compradores e vendedores de todas as faixas etárias e fomentar ainda mais a atratividade do Mercado de Santa Clara (junto à Feira da Ladra), sendo ainda uma excelente oportunidade para encontrar aqueles artigos interessantes a preço de saldo.

Nesta segunda edição do Mercado do Colecionismo de Lisboa encontram-se os mais variados tipos de artigos. Desde brinquedos antigos a moedas, selos, cromos, banda desenhada, livros, discos, acessórios, loiças, videojogos ou velharias, tudo pode ser encontrado.

É possível visitar este Mercado no dia 31 de maio (sexta-feira) das 15 às 22 horas, no dia 1 de junho das 9 às 20 horas e no dia 2 de junho das 9 às 18 horas.

 

 

[Foto: Unsplash]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *