Connect with us

Ciência & Tecnologia

The New Art Fest: onde a arte e a tecnologia se encontram

Avatar

Publicado há

em

Em novembro, chega a Lisboa o The New Art Fest, um novo festival internacional de new media, post-internet art e internet of things, que explora a inovação cognitiva nas artes contemporâneas.

Através da apresentação de projetos artísticos realizados por artistas portugueses e estrangeiros, que desenvolvem o seu trabalho tendo como ponto de partida a tecnologia e a ciência, o The New Art Fest é o reflexo de uma geração que parte do contexto do mundo virtual e digital, e que vive este mundo de uma forma tão real quanto o mundo “real real”: artistas que criam para as novas infraestruturas de arte, os smartphones e os tablets, que vivem o seu dia a dia entre o Instagram e outras plataformas digitais, os seus atuais “museus” ou “espaços expositivos”, e que só pontualmente traduzem para o mundo real o seu trabalho.

De 3 a 10 de novembro, o festival vai apresentar obras de arte em vários espaços, nomeadamente na zona do Chiado, com presença em montras de lojas da Chiado, no Museu Nacional da História Natural e da Ciência (MUNHAC) e no Mercado TimeOut, entre outros.
Porém, como o ‘twist’ tecnológico do The New Art Fest é uma das marcas de água do festival, serão também apresentadas obras no novo mobiliário eletrónico da cidade e nos seus ecrãs de ‘smart signage’ – vídeo-painéis, Tomis, etc. – assim como na Internet e suas redes sociais. Destaca-se, neste segmento do festival, o lançamento de uma plataforma de Realidade Aumentada denominada Second City.

Serão expostas obras de artistas portugueses, como André Sier, Carlos Noronha Feio, Leonel Moura, Margarida Sardinha e Miguel Palma, e de artistas internacionais como Eva and Franco Matte, Lynn Hershman Leeson, Mateusz Herczka, Miza Coplin e John Klima, entre muitos outros.
Para além da exposição de obras, o The New Art Fest apresenta ainda um concerto de live coding pelos artistas Alexandra Cárdenas e Ryan Kirkbride, na sexta-feira, 4 de novembro, às 21h30, no Estúdio TimeOut. No último dia, 10 de novembro, realiza-se no MUNHAC um Seminário sobre a inovação cognitiva nas artes contemporâneas, com a participação de vários oradores nacionais e internacionais, artistas e empresas de tecnologia.

[Foto: Divulgação]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PGRpdiBjbGFzcz0iZXB5dC12aWRlby13cmFwcGVyIj48aWZyYW1lICBzdHlsZT0iZGlzcGxheTogYmxvY2s7IG1hcmdpbjogMHB4IGF1dG87IiAgaWQ9Il95dGlkXzU5MDczIiAgd2lkdGg9IjQ5MCIgaGVpZ2h0PSIyNzYiICBkYXRhLW9yaWd3aWR0aD0iNDkwIiBkYXRhLW9yaWdoZWlnaHQ9IjI3NiIgIGRhdGEtcmVsc3RvcD0iMSIgc3JjPSJodHRwczovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS9lbWJlZC9SZ0RXTGpXUjktaz9lbmFibGVqc2FwaT0xJmF1dG9wbGF5PTAmY2NfbG9hZF9wb2xpY3k9MSZyZWw9MCZpdl9sb2FkX3BvbGljeT0xJmxvb3A9MCZtb2Rlc3RicmFuZGluZz0xJmZzPTEmcGxheXNpbmxpbmU9MCZhdXRvaGlkZT0yJnRoZW1lPWRhcmsmY29sb3I9cmVkJmNvbnRyb2xzPTEmIiBjbGFzcz0iX195b3V0dWJlX3ByZWZzX18gIG5vLWxhenlsb2FkIiBkYXRhLXZvbD0iMTAiICBkYXRhLWVwYXV0b3BsYXk9IjEiICB0aXRsZT0iWW91VHViZSBwbGF5ZXIiICBhbGxvdz0iYXV0b3BsYXk7IGVuY3J5cHRlZC1tZWRpYSIgYWxsb3dmdWxsc2NyZWVuIGRhdGEtbm8tbGF6eT0iMSIgZGF0YS1za2lwZ2Zvcm1fYWpheF9mcmFtZWJqbGw9IiI+PC9pZnJhbWU+PC9kaXY+