Connect with us

Lazer & Cultura

Como escapar à debandada do NOS Alive

Avatar

Publicado há

em

O festival mais esgotado do país começa hoje e é sempre o cabeça de cartaz a fechar o palco principal. Queres saber como escapar à debandada do NOS Alive?

Para aproveitares o festival ao máximo e não perderes horas a seguir a maioria dos festivaleiros no encerramento do Palco NOS, podes ficar mais um pouco. Ouves mais uns artistas, descansas os pés e comes alguma coisa revigorante para recuperar a energia dos saltos e gritos.

O truque é tentar sair do meio da multidão antes do final do concerto. No entanto, se quiseres ficar mesmo até à última música tens de te preparar. Toda a gente vai andar lentamente para a saída, por isso a estratégia é serpentear na diagonal até algum dos lados. Se estiveres mesmo a meio, podes ir para trás da zona de mobilidade reduzida (virado para o palco, situa-se do lado direito) ou para trás da zona dos técnicos (aquele bloco a meio da plateia).

Depois disto, aconselhamos-te a ires aproveitar o que resta do festival antes de te sentares a comer – as bancas de comida só fecham às 4h.

Dia 6 de julho
The Weeknd começa o concerto às 00h50 e costuma atuar durante cerca de 1h30. E como o festival não encerra depois deste artista, ainda podes ver:

PALCO HEINEKEN
Bobono (1h25) – Este músico e produtor inglês vem apresentar o seu 6.º álbum de estúdio, Migration, editado no início deste ano.
Glass Animals (2h55) – A banda de indie rock, composta por Dave Bayley, Drew MacFarlane, Edmund Irwin-Singer e Joe Seaward, vem ao NOS Alive apresentar o seu segundo álbum de orignais How To Be A Human Being.

PALCO NOS CLUBBING
Batida (1h40) – Pedro Coquenão nasceu em Angola e cresceu nos subúrbios de Lisboa. Já foi distinguido pelo Guardian e o seu álbum Dois esteve nomeado para Melhor Álbum Indie Europeu nos Impala Awards em 2015.
Carlos Cardoso (3h00) – Este DJ esteve por trás dos grandes nomes que atuam no Palco NOS Clubbing no primeiro dia do festival e é ele quem o fecha. Já esteve presente em vários festivais de verão, clubes e até atuou no Canadá.

Dia 7 de julho
Os concertos dos Foo Fighters duram sempre cerca de 2h30. Se quiseres continuar a aproveitar o cartaz depois desta banda, ainda tens:

PALCO HEINEKEN
Parov Stelar (1h30) – Esta banda austríaca tem já nove álbuns de estúdio e mais de 20 EPs. Já colaboraram com artistas como Tony Bennet & Lady Gaga e Lana Del Rey.
Floating Points (3h00) – O DJ fundador das Eglo Records vem a Portugal apresentar o seu álbum de estreia Elaenia. Este homem já foi neurocientista mas agora junta a eletrónica ao jazz.

PALCO NOS CLUBBING
Ramos Vs Mitsuhirato (2h00) – O DJ Pedro Ramos convidou Mr Mitsuhirato para um duelo em cima do Palco NOS Clubbing. Tudo pode acontecer.
Bandido$ (3h00) – São os Djs Bruno Sousa e Rui Teixeira que fecham este palco no segundo dia do NOS Alive.

Dia 8 de julho
Os Depeche Mode costumam dar cerca de 2 horas de concerto. Mas o que diferencia exponencialmente este dia dos outras é que o concerto da banda começa logo às 22h15. Assim, há mais opções para aproveitar o final do festival.

PALCO HEINEKEN
Cage The Elefant (23h40) – No início deste ano, banda norte americana sediada em Londres esgotou o Hard Club em menos de 24 horas. O concerto teve de passar para o Coliseu do Porto. Agora, chegaram à capital.
The Avalanches (1h10) – A banda original de Melbourne, Austrália, vai ao Alive apresentar o seu álbum Wildflower, considerado pela Pitchfork como um dos 20 Melhores Álbuns de Eletrónica de 2016.
Peaches (2h30) – É a exuberante cantora canadiana quem fecha o Palco Heineken este ano. A artista apresenta o seu 5.º álbum de estúdio RUB.

PALCO NOS CLUBBING
“10Cotexas” (00h15) – The Discotexas Band é um projeto que junta Moullinex, Xinobi e Da Chick. Os artistas vêm ao festival celebrar os seus 10 anos de união.
Switchdance (1h35) – O DJ residente do Lux Frágil, vai mudar de residência no dia 8. Marco Antão, conhecido como Switchdance, é um nome internacional já tendo sido convidadado pela Red Bull Music Academy para tocar em duas edições do Bolier Room.
Trikk (2h50) – Editou o EP Florista no final do ano passado e é Trikk quem fecha o festival de Algés. Este artista português reside atualmente em Berlim.

PALCO COMÉDIA
Salvador Martinha (00h15) – O sobejamente conhecido Salvador Martinha traz ao NOS Alive um espetáculo onde analisa as espécies que habitam os festivais de verão.

PALCO EDP FADO CAFÉ
Blues N’ Swing (00h00) – Este grupo vem apresentar músicas americanas e brasileiras num ambiente intimista. Dão um toque de modernidade às músicas que cantam e são eles quem vai fechar o mais recente palco do NOS Alive.

No final disto tudo, vai para casa e descansa. O dia seguinte é domingo e tens de ir aproveitar a praia.

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PGRpdiBjbGFzcz0iZXB5dC12aWRlby13cmFwcGVyIj48aWZyYW1lICBzdHlsZT0iZGlzcGxheTogYmxvY2s7IG1hcmdpbjogMHB4IGF1dG87IiAgaWQ9Il95dGlkXzQ2ODAxIiAgd2lkdGg9IjQ5MCIgaGVpZ2h0PSIyNzYiICBkYXRhLW9yaWd3aWR0aD0iNDkwIiBkYXRhLW9yaWdoZWlnaHQ9IjI3NiIgIGRhdGEtcmVsc3RvcD0iMSIgc3JjPSJodHRwczovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS9lbWJlZC9SZ0RXTGpXUjktaz9lbmFibGVqc2FwaT0xJmF1dG9wbGF5PTAmY2NfbG9hZF9wb2xpY3k9MSZyZWw9MCZpdl9sb2FkX3BvbGljeT0xJmxvb3A9MCZtb2Rlc3RicmFuZGluZz0xJmZzPTEmcGxheXNpbmxpbmU9MCZhdXRvaGlkZT0yJnRoZW1lPWRhcmsmY29sb3I9cmVkJmNvbnRyb2xzPTEmIiBjbGFzcz0iX195b3V0dWJlX3ByZWZzX18gIG5vLWxhenlsb2FkIiBkYXRhLXZvbD0iMTAiICBkYXRhLWVwYXV0b3BsYXk9IjEiICB0aXRsZT0iWW91VHViZSBwbGF5ZXIiICBhbGxvdz0iYXV0b3BsYXk7IGVuY3J5cHRlZC1tZWRpYSIgYWxsb3dmdWxsc2NyZWVuIGRhdGEtbm8tbGF6eT0iMSIgZGF0YS1za2lwZ2Zvcm1fYWpheF9mcmFtZWJqbGw9IiI+PC9pZnJhbWU+PC9kaXY+