Connect with us

Em destaque

Depois de esgotar Porto e Lisboa com “Daqui de Baixo” Tiago Castro anuncia novas datas

Publicado há

em

Imagem cedida por: Agência Brain

O ator e humorista Tiago Castro saiu do anonimato com o seu inesquecível papel de “Crómio” na série “Morangos com açúcar”, que marcou toda uma geração.

Em janeiro de 2022 será o lançamento do seu espetáculo de stand up motivacional chamado “Daqui debaixo” em Lisboa e Porto. Com as bilheteiras abertas há poucos dias, as primeiras datas do Porto e Lisboa já estão esgotadas, e por isso, foram agora abertas novas datas.

Porto : 

> 19 Janeiro – NOVA DATA – Estúdio Latino (Teatro Sá da Bandeira) – 21h30

20 Janeiro – ESGOTADO – Estúdio Latino (Teatro Sá da Bandeira) – 21h30

Lisboa : 

> 21 Janeiro – NOVA DATA – Teatro Municipal Amélia Rey Colaço – 21h00

22 Janeiro – ESGOTADO – Teatro Municipal Amélia Rey Colaço – 21h00

“DAQUI DE BAIXO” fala de…

E se o nosso destino já estivesse traçado?Todos nós já sentimos o peso destas palavras.

Se para alguns, os sorridentes donos de uma estrelinha, isto é algo de bom, para os outros (provavelmente a maioria) a vida é uma árdua luta contra a corrente… e quem nada, por vezes afoga-se.Tiago Castro é só mais um comum mortal nascido afastado da margem.À margem dos seus amigos mais altos, escolheu ser ator e para piorar ainda mais “o seu caminho de luz”, decidiu ser comediante. Um dia foi puxado a favor da corrente e transformou-se no eterno “Crómio” dos Morangos com Açúcar.A vida foi-lhe dando estórias e que estórias…Se umas eram escritas com letras douradas, outras roçavam nos clássicos da tragédia grega – desamor, desemprego, preconceito, e uma depressão tão profunda que o obrigou a estoicamente levantar-se a 1 metro e 58 cm do chão. Tiago Castro agarrou-se ao método científico e provou que há sempre uma forma de sair “daqui debaixo” e encontrar nas falhas uma oportunidade para o sucesso.

Agora chega a vez de partilhar, de um palanque, em tom direto e divertido todos os ensinamentos que adquiriu após litros e litros de água bebidos à força

Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *