Connect with us

Em destaque

Jovem de 19 anos vence o concurso internacional #NextDisruptor promovido pela Les Roches

Publicado há

em

Têm menos de 20 anos e os seus projetos inovadores estão a abalar os códigos da indústria hoteleira. Na quarta-feira passada, o campus da Les Roches em Crans-Montana acolheu o evento da final da competição internacional #NextDisruptor para o turismo e a hotelaria. Os três projetos nomeados foram apresentados a um júri composto por peritos da indústria, membros do corpo docente, fundadores e executivos.

Aberto a estudantes do ensino secundário de todo o mundo, The Next Disruptor é um conceito imaginado pela Les Roches, a Escola de Gestão Hoteleira com o objetivo de permitir aos jovens talentos do amanhã expressarem ideias que terão um impacto positivo no ambiente, cultura, experiência do cliente ou satisfação dos colaboradores da indústria hoteleira.

A segunda edição do concurso, lançada em Março passado, despertou paixões nos quatro continentes. As propostas foram avaliadas pela sua criatividade, viabilidade, potencial disruptivo e capacidade de serem implementadas. Com base num processo de seleção em duas fases, foram selecionados três projetos para a apresentação final:

The Herbarium – é um projeto de Thomas Powell, um jovem de dupla nacionalidade de 19 anos de origem britânica e francesa, que vive em Singapura.  A sua ideia é a de um friendly hotel boutique e ecologicamente responsável, integrando a experiência da floresta tropical. O conceito exige uma reconexão com a natureza no coração dos grandes centros urbanos, gerando assim menos stress, mais criatividade, produtividade e bem-estar para o hóspede – “um equilíbrio dos sentidos”.

Asapholo, um concierge holograma, é um projeto de Ana Focsa, 17 anos, da Roménia. Através da fusão da inteligência artificial e da realidade aumentada, a solução Asapholo muda a forma como os clientes interagem com a equipa de um hotel e o próprio equipamento, respondendo imediatamente às necessidades e optimizando a informação. Mais importante ainda, o sistema oferece a presença holográfica instantânea de humanos quando necessário.

-Fiona Juna MacLagan, 18 anos, é uma estudante do Nepal que vive no Reino Unido. O seu projeto, denominado JYOTI, baseia-se na visão da “Mudança para o Futuro”, ou seja, aquilo que os clientes procuram, um novo modo de vida, incluindo uma nova forma de experienciar as viagens de uma forma pacífica e sustentável. Neste sentido, Fiona gostaria de desenvolver a partir do Nepal uma plataforma profissional para a troca de experiências, ligando os mentores do setor hoteleiro com os profissionais.

Na sequência das deliberações do júri, o projeto vencedor #NextDisruptor 2 é The Herbarium de Thomas Powell.

O vencedor receberá uma bolsa completa para um Bacharelato em Global Hospitality Management (BBA) na Les Roches no campus de Crans-Montana na Suíça ou no campus de Marbella em Espanha. Além disso, terá o privilégio de ser formado por Chip Conley, o empresário de sucesso e pioneiro na indústria hoteleira na área dos hotéis boutique, que acompanhou os fundadores da Airbnb na construção deste projeto e transformação tecnológica, tornando-o numa marca hoteleira global de rápido crescimento.

Júri

  • Christine Demen-Meier, Managing Director Worldwide Les Roches
  • Carlos Diez de la Lastra, CEO Les Roches Marbella
  • Pablo Garcia Sanchez, Director de Spark Crans-Montana
  • Susana Garrido, Director de Spark Marbella
  • Frédéric Biousse, Chairman Experienced Capital, proprietário e co-fundador de les Domaines de Fontenille e co-fundador & co-CEO de Sandro-Maje-Claudie Pierlot
  • James Lemon, fundador e CEO de The Growth Works et OTOLO, agência de consultoria na área da hotelaria.

Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

– Publicidade –

Artigos recentes

– Publicidade –

– Publicidade –

– Publicidade –