Connect with us

Em destaque

Queres falar de política? Faz parte da campanha “Bora lá, Sai do Sofá!”

Publicado há

em

Imagem de: Pixabay - Atribuição não requerida

É já amanhã que a AIDGlobal, uma organização que trabalha para que a educação seja um direito de todos e não um privilégio, vai organizar uma conversa sobre política para jovens. “Bora lá, Sai do Sofá!” é o nome da campanha que está a decorrer nas redes sociais que pretende aumentar a participação e o envolvimento cívico e político dos mais jovens.

Se quiseres assistir ao evento fisicamente, este irá decorrer no auditório do Centro de Juventude de Lisboa do Instituto Português do Desporto e da Juventude, na sexta-feira, dia 17, às 16h30. Se preferires fazê-lo à distância, online, podes fazê-lo através das redes sociais, nomeadamente no Facebook da AIDGlobal e da Act Global.

O encontro terá três momentos marcantes:

  • A abertura da conversa sobre cidadania global e política no público jovem com Sónia Paixão, vice-presidente do conselho directivo do IPDJ, Eduarda Marques, chefe da direcção regional de Lisboa e Vale do Tejo do IPDJ, e Susana Damasceno.
  • A abordar os passos que podem ser dados para potenciar um maior envolvimento dos jovens na política estarão André Barata, professor de Filosofia na Universidade da Beira Interior, e João Cancela, professor e investigador de Ciência Política e de Relações Internacionais na Universidade Nova de Lisboa.
  • Por último, alguns jovens irão apresentar projetos que começaram nos últimos anos, como Os 230, de Francisco Cordeiro de Araújo, uma iniciativa de responsabilidade cívica independente. Política (Não) Importa de João Lopes, um projeto para combater a abstenção juvenil e o desinteresse político. Mamadu Djaló, um jovem ativista que apresenta MUNTU – Contrariar o Machismo, que pretende promover a igualdade de género na comunidade migrante dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), em Portugal.

Ainda a propósito do aumento da participação política dos jovens, aqui a entrevista que fizemos a Tiago Manuel Rego, presidente da Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ): “Somos uma geração de causas e pouco de ideologias”.

Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

– Publicidade –

Artigos recentes

– Publicidade –

– Publicidade –

– Publicidade –