Connect with us

Em destaque

Estudo da UPT revela que alunos com menor rendimento desenvolvem sintomas depressivos

FIlipa Tojal

Publicado há

em

Imagem: Unsplash

“Saúde física e mental dos estudantes do Ensino Superior: influência do desempenho académico e das estratégias para lidar com o sucesso e o fracasso”, foi o tema do estudo da mestre em Psicologia Clínica e da Saúde, Patrícia Ferreira Costa, na Universidade Portucalense (UPT). As conclusões revelam que os estudantes que apresentam um menor rendimento académico têm uma pior perceção da sua saúde física e mental.

Com base numa amostra de 113 estudantes de licenciaturas ou mestrados integrados, foi perceptível que “quando o estudante se depara com maus resultados tal pode produzir emoções negativas e atribuições cognitivas que, por conseguinte, se transformam em sintomas depressivos”, de acordo com a autora. Contudo, o desempenho académico não se revelou como preditor significativo da perceção de saúde geral, quando analisado também o efeito preditor das diferentes estratégias para lidar com o sucesso e o fracasso. Os resultados obtidos sugerem a importância de sensibilizar as instituições universitárias e docentes para a importância de promover estratégias mais adaptativas para lidar com o sucesso e o fracasso, contribuindo, desta forma, para uma melhor saúde dos estudantes, para além do foco no desempenho académico.

Considerando a informação já existente e os resultados deste estudo a autora considera que “seria muito importante da parte das instituições universitárias criarem medidas no sentido de possibilitarem o apoio psicológico e psicopedagógico junto dos seus alunos, ao longo do seu percurso académico, no sentido do desenvolvimento de estratégias mais positivas e adaptativas para lidar com os resultados académicos.

Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *