Connect with us

Ciência & Tecnologia

Google tem formações que te dão certificado!

Joana Fonseca

Publicado há

em

Pixabay

A Google decidiu criar cursos de certificado de carreira que pretendem substituir cursos superiores de quatro anos na área das tecnologias, alguns deles com um preço bastante baixo e duram até seis meses.

Após um inquérito da StackOverflow verificou que 56% dos programadores não tem um curso superior em ciências computacionais ou outra área semelhante, e que um portfólio de projetos e produtos para os quais contribuiu vale mais do que anos de experiência ou escolaridade.

Empresas como a Google, Apple, IBM, Intel, Hilton, Starbucks, Publix, Penguin Random House, Costco Wholesale, Whole Foods, Nordstrom, Home Depot, Bank of America, Chipotle e Lowe’s divulgaram ofertas de trabalho para o qual não era necessário um curso superior, como afirma o Entrepreneur’s Handbook.

A Google já teve a oportunidade de lançar dois cursos de certificado de carreira para posições na empresa. No total já participaram mais de 600 mil estudantes, onde cerca de 85% dos participantes avaliaram o curso com cinco estrelas.

Devido ao sucesso dos cursos, a empresa planeia lançar outros cursos, tais como, analista de dados, gestor de produto e designer de user experience.

“Nas nossas próprias contratações, agora trataremos estes novos certificados de carreira como o equivalente a um diploma de quatro anos para funções relacionadas”, afirmou o vice-presidente sénior de assuntos globais da Google, Kent Walker, na rede social Twitter.

Na área da tecnologia, a empresa tem estado a implementar uma mudança profunda de paradigma, ao poucos os cursos superiores estão a ser substituídos por estes novos cursos, que têm uma duração de três a seis meses e que ocupam apenas cinco horas semanais. São cursos mais práticos tantos a níveis de custos e mais acessíveis. O curso de apoio informático custa cerca de 40 euros por mês, por exemplo.

Após a conclusão do certificado, as informações podem ser compartilhadas com os principais empregadores da área e com as suas subsidiárias, e, também, a Google.

Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *