Connect with us

Em destaque

Lusófona vai oferecer bolsas a estudantes dos países da CPLP e Macau

Joana Fonseca

Publicado há

em

Pixabay

A Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias irá disponibilizar 130 bolsas de estudo, com isenção de propinas, para os estudantes da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) e de Macau no próximo ano letivo 2020/2021.

Os estudantes interessados em receber esta bolsa tiveram que apresentar as suas candidaturas, numa primeira fase, até esta terça-feira (18 de agosto), e as vagas sobrantes até 30 de outubro , nos Serviços de Ação Social da Universidade Lusófona, em Lisboa.

O número de vagas por país está distribuído pelos países da CPLP, tendo sido disponibilizado 25 bolsas para cidadãos de Angola, 25 para Brasil, 20 para Cabo Verde, 15 para Guiné-Bissau, 10 para Guiné Equatorial, cinco para Macau, dez para Moçambique, 15 para São Tomé e Príncipe e 5 para Timor.

Os benefícios educacionais fazem parte do projeto da administração da Universidade que são proporcionados aos alunos com nacionalidade dos países da CPLP com o objetivo de apoiar os países da Comunidade Lusófona na formação de quadros superiores de modo a contribuir para o seu desenvolvimento.

As bolsas de estudo, isentas de propinas, enquadram-se no Protocolo de Cooperação firmado entre o Grupo Lusófono e a CPLP, em 8 de junho de 2005, e da respetiva adenda, de 24 de junho de 2006.

Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

– Publicidade –

– Publicidade –

Artigos recentes

– Publicidade –

– Publicidade –

– Publicidade –