Connect with us

Lazer & Cultura

Praxe Solidária da UMinho angaria comida para cães

Flávia Ramalho

Publicado há

em

Uma atividade solidária da praxe da Universidade do Minho recolheu, ao longo de um mês, cerca de 4 toneladas de ração para cão que foram entregues à CAPA – Clube de Adoção e Proteção de Animais da Póvoa de Lanhoso, a 14 de dezembro.

Segundo informação enviada à redação da Mais Superior, para além da ração, a iniciativa conseguiu ainda 118 brinquedos, 109 artigos de limpeza, 108 mantas e cobertores, 83 comedouros, 49 trelas e coleiras e 12 camas de plástico.

Todos os materiais foram doados à mesma associação, que acolhe cerca de meia centena de animais.

O objetivo [da Praxe Solidária] é ajudar quem mais necessita porque estas ações estão já intrínsecas nos valores da Praxe Minhota. Temos noção da influência dos agentes externos sobre a praxe mas queremos, com estas ações, que percebam que há algo mais na praxe e que existem valores de união, sacrifício e abnegação em cada elemento, em cada grau hierárquico“, conta Pedro Domingues, orgão máximo da praxe minhota à Mais Superior.

A escolha da CAPA deveu-se ao facto de a associação fazer um trabalho valoroso com os animais; no entanto, a praxe minhota reconhece-lhe algumas carências – sobretudo ao nível das instalações – e com esta iniciativa, a praxe da Universidade do Minho espera que a CAPA se possa “focar em melhorar instalações”.

A praxe da academia minhota contou com a participação de 56 cursos da Universidade do Minho.

Esta não é a primeira vez que a praxe minhota se une numa iniciativa solidária. Todos os anos, os membros da praxe minhota se envolvem em causas solidárias, tanto a nível coletivo como individual.

Apoio no Banco Alimentar, recolha de bens para pessoas carenciadas, venda de rifas para a compra de cabazes alimentares, brinquedos para crianças [são alguns exemplos]… Basta dizer a causa e nós conseguimos identificar vários momentos de praxe destinados para isso, nos 56 cursos da Academia“, conta Pedro Domingues.

No ano passado, a praxe minhota reuniu alimentos para a ABRA – Associação Bracarense dos Amigos dos Animais e este ano os membros voltaram a unir-se para ajudar outra associação de apoio a animais.

[Imagem: Cabido de Cardeais]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *