Connect with us

Lazer & Cultura

Teatro Nacional São João estreia um musical “que podia ser pior”

Beatriz Cavaca

Publicado há

em

O coletivo Cão Solteiro e o cineasta André Godinho voltam a colaborar em mais uma criação que explora a relação entre o cinema e o teatro.

Could Be Worse: The Musical é o mais recente capítulo da busca pela resposta à pergunta da escritora Susan Sontag em Film and Theatre “Existe alguma coisa genuinamente cinematográfica?“. O espetáculo estreia-se no palco do Teatro Nacional São João (TNSJ) no dia 7 de novembro e está em cena até ao dia 10 de novembro.

Neste espetáculo Could Be Worse: The Musical, Cecília recebe-nos com um abraço reconfortante, o mesmo que dá a João. Em palco observa-se uma espécie de reunião de “artistas anónimos“, quase como aquelas que se vê nos filmes americanos, ou não se tratasse de um musical, um dos géneros mais acarinhados nos EUA. O encontro dá-se todas as semanas, naquele que, nas palavras da personagem André enviadas em nota à nossa redação, “(…) é um espaço de segurança, é um lugar seguro onde podemos partilhar as nossas inseguranças, os nossos medos, mas também as nossas conquistas. Mas este lugar é sobretudo um lugar onde partilhamos a vida. A vida é o bem mais precioso que temos. A Vida acima de tudo.

Cão Solteiro é uma plataforma de artistas que surgiu em 1997 e, desde então, tem vindo a desenvolver um trabalho assente na construção de imagens e transferência de códigos entre disciplinas artísticas.

É a primeira vez que o coletivo sobe ao palco do TNSJ.

O espetáculo conta com a cumplicidade da música de PZ e de Rodrigo Vaiapraia e resulta de uma coprodução São Luiz Teatro Municipal e TNSJ.

Pode ser visto às quintas e sextas, às 21h00; sábado, às 19h00; e domingo, às 16h00.

O preço dos bilhetes varia entre os 7,50 e os 16 euros.

[Imagem: Central de Informação]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *