Connect with us

Entrevista

Unite with Tomorrowland: Entrevista a Diego Miranda

Flávia Ramalho

Publicado há

em

A Mais Superior falou com Diego Miranda, que partilhou o entusiasmo de participar na primeira edição do UNITE with Tomorrowland, em Portugal.

Pela primeira vez em Portugal, o UNITE With Tomorrowland vai juntar, no Porto, djs nacionais e internacionais.

Lê a entrevista em baixo:

Mais Superior (MS) – Como sentiste o convite para o UNITE With Tomorrowland Porto 2019?

Diego Miranda (DM) – Um grande orgulho representar Portugal num evento desta dimensão e pela primeira vez no nosso país. É mais um sonho que se vai realizar e não podia estar mais feliz. Para te ser sincero sabias que todos os anos quando toco no Tomorrowland tenho milhares de portugueses que às vezes parece que estou a tocar em Portugal!

MS – Achas que será como trazer um pouco do Tomorrowland – que acontece na Bélgica e onde vais atuar pela 4.ª vez consecutiva – para o teu país?

DM – Na Bélgica vou tocar pelo 4.º ano consecutivo! Lamentavelmente sou o único DJ português que vai lá estar, mas espero que no próximo ano possa partilhar o melhor festival do mundo com colegas meus portugueses. Com toda a certeza que o intuito da organização e da produção é recriar e trazer para Portugal um pouco do que é o Tomorrowland. A maior diferença é que na Bélgica tens dezenas de palcos e em Portugal vamos ter apenas o mainstage. Vai ser uma experiência incrível para todos os que forem.

MS – Podes desvendar alguns detalhes da tua atuação neste evento que acontece pela primeira vez em Portugal?

DM – O que posso dizer-vos é que vou estrear três temas novos que nunca os toquei ao vivo e quem sabe senão irei arriscar também um tema novo que estou a trabalhar com Nick Jam! E mais não digo pois vai haver mais umas quantas surpresas no meu set especial destinado ao Tomorrowland e à hora em si que vou tocar.

MS – O que é que achas que o UNITE With Tomorrowland Porto 2019 vai trazer a Portugal?

DM – Acho que pode ser um marco histórico antes demais para os amantes da música de eletrónica em Portugal. A própria transmissão via satélite vai ser uma experiência incrível pois vai parecer tão real poderes ouvir o set em direto da Bélgica nas colunas do festival. Na realidade até vão ver melhor o DJ nos ecrãs do que quem está no Tomorrowland que às vezes as pessoas ficam tão longe que mal se vê o DJ lá ao fundo.

 

[Imagem: Ellephant]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *