Connect with us

Lazer & Cultura

Vaudeville Rendez-Vous pela primeira vez em Barcelos

Flávia Ramalho

Publicado há

em

A 6.ª edição do Festival Internacional Vaudeville Rendez-Vous acontece, este ano, pela primeira vez, em Barcelos.

A cidade minhota associa-se a Vila Nova de Famalicão, Braga e Guimarães que acolhem, em conjunto, o festival de circo contemporâneo entre 24 e 27 de julho.

Na edição de 2019, estão previstas mais de 40 atividades públicas, onde se encaixam 28 apresentações de 13 espetáculos programados – com três estreias absolutas (em coprodução) e e seis estreias nacionais.

Todas as atividades são gratuitas.

A edição de 2019 do Vaudeville Rendez-Vous destaca-se pela sua diversidade. O festival internacional de circo vai acolher espetáculos e artistas de vários pontos do mundo.

Um programa rico em latitudes e uma renovada abordagem promovida por diferentes geografias”, é assim que Bruno Martins, diretor artístico do evento, define o festival.

Na sua 5.ª edição, o Vaudeville Rendez-Vous apostou, no ano passado, no desenvolvimento de artistas portugueses, com a atribuição de uma Bolsa de Criação a Elvis Mendes, aluno finalista do INAC (Instituto Nacional de Artes do Circo). Em 2019, o artista estreia-se a 25 de julho no Vaudeville Rendez-Vous.

O festival organizado pelo Teatro da Didascália – companhia sedeada em Joane que organiza o evento – vai organizar um Laboratório de Criação para o Circo Contemporâneo, orientado pelo encenador italiano Roberto Magro, e um debate sobre as redes de cooperação artística e três oficinas de formação dirigidas ao público em geral e focadas na acrobacia aérea, manipulação de objetos e equilíbrio.

O Festival Vaudeville Rendez-Vous pretende dinamizar a internacionalização da cultura e dos artistas, através das redes europeias que integra – CircusNext e Circostrada – ao mesmo tempo que, em Portugal, partilha junto da comunidade o que de melhor se faz nas artes circenses.

O evento é reconhecido pelo júri internacional do Europe For Festivals/Festivals For Europe, com o selo EFFE Label 2019-2020 e, na edição do ano passado, reuniu mais de 15 mil pessoas em Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão e contou com mais de 60 artistas portugueses e internacionais.

 

 

[Imagem: Arnaud Stephenson/Divulgação]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *