Connect with us

Night & Day

Vini Vici e Xutos & Pontapés marcam presença na Queima das Fitas de Lisboa

Sofia Rebanda

Publicado há

em

Um grupo que já atuou no Tomorrowland, os reis do rock português, muita música pimba, dança, diversão… É muito o que se pode esperar desta Queima das Fitas de Lisboa, que ocorre de 15 a 18 de maio, na zona de Carcavelos. 

No festival académico não vai faltar música, animação e, acima de tudo, espírito académico. A Associação Académica de Lisboa (AAL) que comemora este ano os seus 35 anos, promete não desiludir e tornar esta a melhor Queima das Fitas de sempre, para os estudantes universitários.

“Não encontrámos melhor forma de festejar os nossos 35 anos de eventos. Para os nossos estudantes e associados, a Queima servirá como uma lufada de ar fresco no conceito de festivais académicos realizados no passado recente.”, afirma Bernardo Rodrigues, presidente da AAL.

O evento acontece pela primeira vez num recinto chamado Queimódromo, em Carcavelos, perto da Universidade Nova SBE. A aposta principal do evento assenta na tradição académica, no culto do traje e nas relações estabelecidas entre padrinho e afilhado. Com esta Queima das Fitas pretende-se ligar a cidade, a academia e os alunos.

Aliado a este grande conceito é organizado um cartaz com grandes artistas nacionais e internacionais. O evento é marcado por uma grande diversidade musical com convidados dos mais variados estilos musicais, entre os quais, o rock, pimba, funk, pop, hip-hop, trance, entre outros.

O primeiro dia da Queima das Fitas de Lisboa, dia 15 de maio, arranca com Blaya, Toy, Miguel Azevedo e Leozinho. Quanto ao dia seguinte, quinta-feira, a noite é marcada pelos artistas Wet Bed Gang, Vitinho Ferrari, Karetus e Mc Zuka.

Na sexta-feira a diversão é garantida por Vini Vici, Profjam, David Carreira, Supa Squad e Alpha Heroes e no último dia da Queima, os reis do rock português Xutos & Pontapes, D.A.M.A, Insert Coin e Estudantina sobem ao palco para finalizar o evento académico.

Além do palco principal, haverá igualmente um palco secundário com atuações de vários Dj’s e artistas.

A AAL procura sensibilizar o público em geral para causas sociais e proporcionar momentos culturais e de lazer. Para isso, além das noites de concertos no recinto, foram organizados eventos desportivos, musicais, de entretenimento e de voluntariado, como é o caso do Torneio de Futebol de Praia, do SociAAL (iniciativa de incentivo à doação de sangue), da 23ª edição da Tuna M’Isto (Festival de Tunas), da Jam Session, do Playoff FIFA Gaming e do Serenatas a Lisboa.

Para continuar a apostar na tradição, o foco para o próximo ano da AAL será a realização do desfile alegórico pelas ruas da cidade de lisboa, assim como todas as tradições inteiramente ligadas ao finalista, para que num futuro próximo possam ligar a tradição, diretamente, à Queima das Fitas de Lisboa.

O passe geral custa 25 euros e está disponível nos locais habituais. Por sua vez, o preço dos bilhetes diários, varia entre os 8 e os 15 euros (consoante a noite), podendo ser adquiridos no site da Bilheteira Online. Os horários dos espetáculos podem ser consultados no evento oficial no Facebook.

Nas noites da Queima das Fitas de Lisboa, a CP vai disponibilizar, um comboio extra com partida de Carcavelos às 4h30, tanto para Cascais como para o Cais do Sodré, em Lisboa. Ao apresentar o bilhete do evento académico, a viagem de ida e volta custa apenas 2 euros.

 

 

[Foto: AAL]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *