Connect with us

Lazer & Cultura

“Stranger Things” da Netflix ganha versão em livro

Sofia Rebanda

Publicado há

em

O livro Mentes Inquietas é a primeira ficção oficial da série da Netflix, Stranger Things e chega às livrarias já a 14 de maio.

Em ano de estreia da terceira temporada da série de culto, já anunciada para o dia 4 de julho, a Gailivro/LeYa dá uma alegria aos fãs portugueses, associando-se à Netflix na publicação dos seus livros.

Mentes Inquietas é o primeiro título a chegar ao mercado nacional já no dia 14 de maio. Trata-se de uma prequela da história, da autoria de Gwenda Bond, que aborda a vida de Terry Ives, a mãe de Eleven, personagem principal da série que se voluntaria para o programa ultra-secreto da CIA MKUltra, em torno do qual gira a ação da série. Além deste livro está previsto o lançamento de mais dois, a publicar posteriormente.

A estória deste livro começa no verão de 1969, Terry Ives é estudante num campus universitário tranquilo na Indiana e, por isso, distante das linhas de frente do Vietnã ou dos protestos incendiários em Washington da época. Mas Terry não se contenta em assistir a tudo isto do lado de fora, sem fazer nada.

Quando a notícia gira em torno de um importante experimento governamental na pequena cidade de Hawkins, Terry Ives compromete-se a entrar para o CIA MKUltra. A personagem depara-se com um laboratório remoto nas profundezas da floresta e com substâncias que alteram a mente, administradas por pesquisadores tightlipped. Este é um mistério que a personagem principal está determinada a desvendar.

Mas atrás dos muros do Hawkins National Laboratory, o diretor Dr. Martin Brenner esconde uma conspiração maior do que jamais poderia ter imaginado. Para enfrentar isso, precisa da ajuda dos seus colegas de teste, incluindo a de uma jovem com poderes sobre-humanos, chamada 008. Esta é uma menina misteriosa que o mundo não sabe que existe.

Terry Ives e Martin Brenner começam assim um tipo diferente de guerra – em que a mente humana é o campo de batalha.

Portugal junta-se assim à crescente lista de países a publicar estes livros nas principais casas editoriais, composta por Estados Unidos, Inglaterra, República Checa, França, Alemanha, Hungria, Itália, Polónia, Brasil, Espanha, Rússia e China.

Gwenda Bond é autora de diversas ficções para crianças e jovens adultos. Entre elas, a série sobre a icónica personagem de banda desenhada Lois Lane e a trilogia Cirque American. Em conjunto com o marido, Christopher Rowe, escreveu a série infantil The Supernormal Sleuthing Service. Gwenda Bond é ainda autora de artigos de não-ficção em jornais e revistas, como Los Angeles Times, Publishers Weekly e Locus, entre outros.

Frequentou um bacharelato em escrita criativa na Faculdade de Belas-Artes do Vermont e diz-se que, como consequência pela admiração que tinha, desde a juventude, pela namorada do Super-Homem, Lois Lane, se licenciou em Jornalismo.

 

 

 

 

[Fotos: Divulgação]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *