Connect with us

Entrevista

Mega News: To be Honest

Avatar

Publicado há

em

ELAS ESTÃO FARTAS DO POLITICAMENTE CORRETO, DO ÓDIO NO INSTAGRAM E DE COMENTÁRIOS DA IDADE DA PEDRA… POR ISSO MESMO, AS FILHAS DA POP E A MIA ROSE DECIDIRAM FALAR DE TUDO O QUE HÁ PARA FALAR, SEM PAPAS NA LÍNGUA!
TODAS AS SEXTAS-FEIRAS, ÀS 6 DA TARDE, CHEGA À MEGA HITS UM ESPAÇO ONDE ATÉ TU VAIS PODER OPINAR: SEJAM BEM-VINDOS AO TO BE HONEST!

 

ESTA RUBRICA SURGE DENTRO DO PROGRAMA FILHAS DA POP. PORQUE LHE CHAMARAM “TO BE HONEST”?

Esse foi um tema muito abordado por nós.
Estivémos a falar e a fazer um brainstorm para chegar a um conceito que explicasse que não vamos mesmo ter papas na língua. Vamos ser honestos com as nossas opiniões, sejam elas polémicas ou não. Queremos despertar consciências, esse é o nosso intuito. As pessoas estão sempre a ser politicamente corretas, muito diplomáticas! Até no momento de falar sobre os temas mais polémicos. Parece que toda a gente tem
a mesma opinião e que todos se ofendem com tudo. Até os humoristas, que estão aqui para nos fazer rir, são completamente chacinados pelas
suas opiniões.

 

COMO É FEITA A ESCOLHA DOS TEMAS QUE VÃO ABORDAR?

Com as mentes de três mulheres… Mais um homem! Eu, a Teresa, a FIlipa e o Diogo. Fazemos o programa enquanto estamos a debater temas! Muitas vezes, temos de nos obrigar a parar de falar porque já estamos a entrar por caminhos que mais tarde queremos debater! Somos pessoas muito opinativas, temos as nossas próprias ideologias muito vincadas. Mesmo quando discordamos e temos opiniões distintas – e conseguiram ouvir isso logo no primeiro programa – o intuito é sempre criar um debate interessante. A rubrica abriu com uma conversa sobre o fenómeno dos influencers. Falámos sobre o que nos faz seguir alguém. Quisemos levar as pessoas a pensar sobre isso e a questionar-se acerca do porquê de serem influenciados por determinada pessoa ou tendência. A nossa função nesta rubrica é pensar mais a fundo sobre questões sobre as quais até podem achar que já pensam, mas que não. Quanto aos próximos temas, temos um debate sobre se os músicos nacionais têm (ou não) de cantar em português e ainda uma conversa onde convidamos homens para falar sobre o feminismo.

 

TAMBÉM QUISERAM INCLUIR O FEEDBACK DO PÚBLICO!

Sim! Esta é a primeira vez que a Mega Hits tem um programa onde convida um quarto elemento – um ouvinte – para participar na conversa. É essa a parte do nosso trabalho que está a ser inovadora. Achámos que seria interessante integrar os ouvintes na conversa. É uma forma de estes sentirem que também estão a contribuir, que estão mais perto de nós. As pessoas podem comentar, antes do programa, a pergunta que fazemos no Instagram. A partir desse momento, procuramos os comentários que acrescentem algo ao tema, que toquem em certos detalhes dos quais nem nós nos lembrámos e que possam potenciar uma discussão interessante.

 

COMO É FEITA A ESCOLHA DESSE OUVINTE?

Escolhemos aquele que nos faça pensar “Esta pessoa podia bem estar aqui sentada connosco, a participar!”. Ligamos-lhe e ela passa a integrar a conversa. As pessoas precisam de entender que podem fazer críticas construtivas e ter debates interessantes, respeitando-se mutuamente.
Vamos ter isso mesmo: um espaço dedicado a falar abertamente sobre temas que estejam na ordem do dia – ou mesmo sobre assuntos mais gerais, que depois se possam desdobrar em questões interessantes a debater!

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *