Connect with us

Notícias

ISG entrega diplomas a recém-graduados

Sofia Rebanda

Publicado há

em

O Instituto Superior de Gestão (ISG) levou a cabo, no passado dia 15 de março, uma cerimónia de entrega de diplomas aos alunos finalistas da instituição.

O evento teve lugar no Fórum Lisboa e marcou o regresso deste tipo de cerimónias à agenda dos membros do ISG. Iniciou-se com o discurso de Miguel Varela (diretor do ISG), passando para a intervenção de Teresa do Rosário Damásio (administradora do ISG) e terminando com as palavras deixadas por Raquel Conde (presidente da Associação de Estudantes da mesma instituição). Contou ainda com a presença do Prof. Doutor Manuel Damásio, Presidente do Conselho de Administração dos Grupos Lusófona e Ensinus, a encerrar a sessão.

Para receber os convidados, membros académicos, finalistas e familiares, Pedro Mota Soares dirigiu a oração de sapiência com o tema O Futuro da segurança social.

De modo a encerrar o acontecimento, foram entregues os diplomas aos graduados e aos dois melhores alunos: Daniel André da Licenciatura em Gestão e Carolina Gomes da Licenciatura em Recursos Humanos no ISG.

O ISG apresenta-se como a primeira Business School criada em Portugal. Nasceu como uma escola de negócios em 1978, tornando-se mais tarde – em 1985 – um Instituto Superior que permitiu que os formados passassem a ter o grau de licenciatura. “Havia uma lacuna no mercado, formada por várias empresas, e penso que o ISG conseguiu preencher esse nicho. Os nossos alunos licenciados ou no seu último ano de formação são muito requisitados pelas empresas”, explica Miguel Varela, diretor do ISG.

Miguel Varela defende, ainda, que a educação continua a ser uma ferramenta fundamental. Segundo este, quanto mais conhecimento, ginástica mental e capacidade de adaptação a situações novas as pessoas possuírem, mais facilmente ganham o fator de competitividade para o futuro. A área das ciências económicas e empresariais apresenta-se como uma das com mais procura a nível de conhecimento. “Atualmente voltamos a ter necessidade de ter profissionais mais generalistas, com capacidade de adaptação a situações, realidades e negócios novos e os cursos destas áreas permitem essa visão mais transversal da realidade”.

Segundo o website info CURSOS, o ISG encontra-se em quarto lugar de empregabilidade nacional na área de economia e gestão, sendo a primeira instituição privada a estar neste top. A taxa de empregabilidade é de 96% dos licenciados.

Para Raquel Conde, o espírito de integração e união está bem assente nesta instituição devido ao tamanho do núcleo educativo ser menor. Esta caraterística torna a proximidade mais visível entre todos os alunos – questão fulcral para a existência de uma melhor relação no meio da comunidade escolar. “Os docentes e comunidade ajudam-nos sempre que precisamos porque somos pequenos, a proximidade é um ponto chave”.

O evento foi organizado pelos alunos da Escola do Comércio de Lisboa – uma das escolas do Grupo Ensinus –  que está a investir na internacionalização do currículo dos alunos, do próprio projeto educativo e do corpo docente e na inovação pedagógica das unidades curriculares.

[Foto: Grupo Ensinus]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *