Connect with us

Lazer & Cultura

Politécnico de Leiria recebe Seminário sobre Inclusão Social de Mulheres Migrantes

Publicado há

em

A AIDGLOBAL vai organizar o seminário Inclusão social de Mulheres Migrantes – iniciativas e recomendações.

É já no próximo dia 25 (quinta-feira), das 9h às 13h, que o Auditório 1 da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Politécnico de Leiria dedica o tema da conversa à inclusão social.

Este seminário é uma atividade do projeto Urbagri4women e visa apresentar e debater boas práticas e recomendações para a inclusão social de Migrantes. Vai contar com os oradores João Santos e Filomena Aivado, do Projeto Hortas Ecológicas; Lurdes Gonçalves da START.SOCIAL – Cooperativa Socioeducativa Para Desenvolvimento Comunitário e António Castanheira da Câmara Municipal de Ourém.

Nesta iniciativa vão ser recolhidos contributos para o Livro Verde Iniciativas de Integração das Mulheres Migrantes: O caso dos laboratórios agrícolas urbanos dentro dos municípios, desenvolvido ao longo dos dois anos do projeto, de dezembro de 2016 a novembro de 2018 (a nível nacional e europeu).

O Livro Verde apresenta-se em consulta pública para a identificação de boas práticas e recomendações que envolvam a integração de Mulheres Migrantes, contribuindo para o Desenvolvimento Sustentável das cidades, propondo uma reflexão sobre os desafios e respostas ao nível dos municípios nacionais e europeus.

O Urbagri4women é um projeto europeu liderado pela organização italiana TAMAT, em parceria com 6 países europeus, que promove a integração de Mulheres Migrantes – incluindo as requerentes de asilo e beneficiárias de proteção internacional nas sociedades de acolhimento –  permitindo-lhes desenvolver projetos inovadores e de subsistência, na área da agricultura.

Em Portugal, o projeto contou com vários parceiros, entre os quais as Hortas Ecológicas, a START.SOCIAL, o Centro de Acolhimento para Refugiados, na Bobadela, e a Câmara Municipal de Loures. Estes dois últimos mantém ativas as hortas comunitárias urbanas criadas no decurso do projeto.

O projeto Urbagri4Women é cofinanciado pelo Fundo para o Asilo, a Integração e a Migração (FAMI) da Comissão Europeia e envolve a parceria de 7 entidades em diferentes países da União Europeia — SÜDWIND (Áustria), CARDET (Chipre), AMSED (França), IED (Grécia,) TA-MAT (Itália), AIDGLOBAL (Portugal) e GYROS (Reino Unido).

[Foto: AIDGLOBAL]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *