Connect with us

Novidades

Estes são os vencedores do Prémio Científico Mário Quartin Graça

Avatar

Publicado há

em

A Casa da América Latina e o Santander Totta voltaram a distinguir teses de doutoramento realizadas em universidades de Portugal ou da América Latina. São quatro os investigadores premiados, de origem brasileira e portuguesa.

Diogo Canavarro, Fábio Fernandes, Aziz José de Oliveira Pedrosa e Naldeir Vieira são os vencedores da 8ª edição do Prémio Científico Mário Quartin Graça, uma parceria entre o Banco Santander Totta e a Casa da América Latina. Todas estas teses de doutoramento premiadas têm como denominador comum o interesse para as Universidades de Portugal ou da América Latina, e resultaram da colaboração entre universidades dos dois lados do Atlântico.

Diogo Canavarro e Fábio Fernandes, ambos portugueses, foram premiados ex-aequo na categoria de Tecnologias e Ciências Naturais. O Diogo apresentou na Universidade de Évora a tese Advances in the design of solar concentrators for thermal applications, uma dissertação com desenvolvimentos na análise de concentradores solares térmicos.
Por sua vez, Fábio Fernandes defendeu a tese na Universidade de Aveiro, sobre Análise Biomecânica de impactos com capacetes: novos materiais e geometrias. Neste trabalho estudou o comportamento da cortiça e avaliou a sua aplicabilidade em equipamentos de segurança pessoal, especialmente capacetes.

Aziz José de Oliveira Pedrosa, de nacionalidade brasileira, destacou-se na categoria de Ciências Sociais e Humanas com a tese de douramento A produção da talha joanina na Capitania de Minas Gerais – retábulos, entalhadores e oficinas, realizada na Universidade Federal de Minas Gerais. O investigador estudou retábulos existentes nas cidades de Caeté, Ouro Preto, Mariana, S. José Del Rei, Tiradentes, Ouro Branco e Santa Bárbara, tendo estudado também os entalhadores de maior destaque no período de 1730 a 1760.

Naldeir Vieira, também de nacionalidade brasileira, venceu na categoria de Ciências Económicas e Empresariais, com a tese Inovação social e desenvolvimento de competências em organizações da Sociedade sem Fins Lucrativos Brasileiras e Portuguesas, realizada na Universidade Federal de Minas Gerais. O autor analisou como o desenvolvimento de competências se articula com o desenvolvimento de inovações sociais em organizações da sociedade civil sem fins lucrativos brasileiras e portuguesas.

O júri atribuiu ainda uma menção honrosa ao cubano Eduardo Perera Gomez, com a tese Evolución histórica de la politica de la Unión Europea hacia Cuba (1988-2014), centrando-se no momento em que a UE se aproxima de Cuba e consegue um acordo de cooperação, abrindo assim a possibilidade do diálogo político.

A cerimónia de entrega do Prémio Científico Mário Quartin Graça decorrerá em dezembro deste ano, em data e local a anunciar.

[Foto: Organização]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PGRpdiBjbGFzcz0iZXB5dC12aWRlby13cmFwcGVyIj48aWZyYW1lICBzdHlsZT0iZGlzcGxheTogYmxvY2s7IG1hcmdpbjogMHB4IGF1dG87IiAgaWQ9Il95dGlkXzgzNTQ0IiAgd2lkdGg9IjQ5MCIgaGVpZ2h0PSIyNzYiICBkYXRhLW9yaWd3aWR0aD0iNDkwIiBkYXRhLW9yaWdoZWlnaHQ9IjI3NiIgIGRhdGEtcmVsc3RvcD0iMSIgc3JjPSJodHRwczovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS9lbWJlZC9SZ0RXTGpXUjktaz9lbmFibGVqc2FwaT0xJmF1dG9wbGF5PTAmY2NfbG9hZF9wb2xpY3k9MSZyZWw9MCZpdl9sb2FkX3BvbGljeT0xJmxvb3A9MCZtb2Rlc3RicmFuZGluZz0xJmZzPTEmcGxheXNpbmxpbmU9MCZhdXRvaGlkZT0yJnRoZW1lPWRhcmsmY29sb3I9cmVkJmNvbnRyb2xzPTEmIiBjbGFzcz0iX195b3V0dWJlX3ByZWZzX18gIG5vLWxhenlsb2FkIiBkYXRhLXZvbD0iMTAiICBkYXRhLWVwYXV0b3BsYXk9IjEiICB0aXRsZT0iWW91VHViZSBwbGF5ZXIiICBhbGxvdz0iYXV0b3BsYXk7IGVuY3J5cHRlZC1tZWRpYSIgYWxsb3dmdWxsc2NyZWVuIGRhdGEtbm8tbGF6eT0iMSIgZGF0YS1za2lwZ2Zvcm1fYWpheF9mcmFtZWJqbGw9IiI+PC9pZnJhbWU+PC9kaXY+