Connect with us

Ciência & Tecnologia

Candidata-te a um bootcamp da Academia de Código

Avatar

Publicado há

em

Os bootcamps da têm uma taxa de empregabilidade de 94 por cento e já mudaram a vida de 160 pessoas. Estão agora abertas candidaturas a duas novas formações.

A proposta é simples: Qualquer “mente brilhante no desemprego” que esteja disposta a viver 14 semanas de reconversão profissional intensiva em modo EAT SLEEP CODE REPEAT, pode e deve candidatar-se a um dos coding bootcamps da Academia de Código.
Para o fazeres, não precisas de ter conhecimentos prévios de programação, mas o domínio da língua inglesa é fundamental, por ser a língua franca da aprendizagem nesta área.

Os interessados têm duas possibilidades para se inscreverem num destes bootcamps: O #10 Bootcamp, no Fundão, que terá início a 4 de setembro; e o #11 Bootcamp, que começa a 11 de setembro em Lisboa.
O primeiro é organizado em parceria com a Câmara Municipal do Fundão, o IEFP e a Fundação Calouste Gulbenkian, tem 20 vagas disponíveis, e os alunos só começam a pagar o curso após encontrarem trabalho. Esta iniciativa resulta da vontade comum de todos os parceiros envolvidos, de combater o desemprego e de fixar novos talentos da programação nas muitas empresas tecnológicas da região.
As candidaturas para este novo bootcamp estão abertas, online, até ao dia 8 de agosto.

O #11 Bootcamp acontecerá em Lisboa, tem 40 vagas abertas, um custo de 5 mil euros + IVA e condições muito favoráveis de pagamento. As inscrições para o #11 Bootcamp podem ser feitas até 22 de agosto.

Ambos os bootcamps decorrem oficialmente de 2ª a 6ª feira, entre as 9 e as 18 horas, mas na prática será muito comum encontrar os Code Cadets a trabalhar nos seus projetos pela noite dentro e aos fins de semana. Esta exigência de entrega total e incondicional à programação tem sido uma das características que mais impacto tem tido na excelente receção do mercado aos alumni da Academia de Código.

Até à data, 160 pessoas mudaram de vida e de carreira, e encontraram uma nova paixão profissional, graças aos bootcamps da Academia de Código. Mais de 6.000 candidaturas depois, este projeto apresenta uma taxa de empregabilidade de 94 por cento e com uma média salarial entry-level de 950 euros.

[Foto: Divulgação]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PGRpdiBjbGFzcz0iZXB5dC12aWRlby13cmFwcGVyIj48aWZyYW1lICBzdHlsZT0iZGlzcGxheTogYmxvY2s7IG1hcmdpbjogMHB4IGF1dG87IiAgaWQ9Il95dGlkXzExNzA3IiAgd2lkdGg9IjQ5MCIgaGVpZ2h0PSIyNzYiICBkYXRhLW9yaWd3aWR0aD0iNDkwIiBkYXRhLW9yaWdoZWlnaHQ9IjI3NiIgIGRhdGEtcmVsc3RvcD0iMSIgc3JjPSJodHRwczovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS9lbWJlZC9SZ0RXTGpXUjktaz9lbmFibGVqc2FwaT0xJmF1dG9wbGF5PTAmY2NfbG9hZF9wb2xpY3k9MSZyZWw9MCZpdl9sb2FkX3BvbGljeT0xJmxvb3A9MCZtb2Rlc3RicmFuZGluZz0xJmZzPTEmcGxheXNpbmxpbmU9MCZhdXRvaGlkZT0yJnRoZW1lPWRhcmsmY29sb3I9cmVkJmNvbnRyb2xzPTEmIiBjbGFzcz0iX195b3V0dWJlX3ByZWZzX18gIG5vLWxhenlsb2FkIiBkYXRhLXZvbD0iMTAiICBkYXRhLWVwYXV0b3BsYXk9IjEiICB0aXRsZT0iWW91VHViZSBwbGF5ZXIiICBhbGxvdz0iYXV0b3BsYXk7IGVuY3J5cHRlZC1tZWRpYSIgYWxsb3dmdWxsc2NyZWVuIGRhdGEtbm8tbGF6eT0iMSIgZGF0YS1za2lwZ2Zvcm1fYWpheF9mcmFtZWJqbGw9IiI+PC9pZnJhbWU+PC9kaXY+