Connect with us

A Tua Revista

Uma mochila desenhada ao contrário

Avatar

Publicado há

em

Imagina um saco de pôr às costas, onde pudesses guardar as tuas coisas e fosse virtualmente impossível roubarem-te qualquer uma delas. É essa a proposta de uma startup portuguesa com a Do Backpack, uma mochila cheia de boas ideias e que foi pensada do avesso para resolver o problema causado pelos carteiristas.
É como diz a voz do Metro de Lisboa: Take care of your belongings.

A Lock Do (a empresa)
Esta startup pretende ser uma marca portuguesa que traduz as necessidades diárias dos jovens adultos, associando a estética à utilidade e extraindo tudo o que é supérfluo. Para se lançar no mercado, a Lock Do aposta numa mochila que quer combater os assaltos e os carteiristas, deixando antever que estão para vir mais produtos inteligentes, pensados para um consumidor que gosta de preservar o seu conforto sem sacrificar o design funcional e ergonómico.
A Lock Do quer ser uma marca de referência em Portugal, com produção nacional e eventualmente a abertura de uma loja física em Lisboa. Para depois ficará outro dos objetivos: a expansão internacional.

A Do Backpack (a mochila)
A Do Backpack é, de acordo com o seu fabricante, um híbrido entre uma mochila normal, uma mala de viagem e uma pasta de portátil. Oferece maior segurança graças ao seu design, ao mesmo tempo que consegue guardar o que precisas para as aulas, para o trabalho ou até para a roupa do fim de semana, havendo sempre espaço extra para o tablet ou o portátil.
Esta é ainda a mochila ideal para quem anda de transportes públicos, para quem gosta de ir a festivais, para quem viaja para grandes metrópoles, para quem não gosta de ter cuidados extra para estar segur@, e sobretudo para quem não gosta mesmo nada de ser assaltado.

Principal característica: a segurança
Esta mochila merece destaque, de acordo com Telma Castro, a fundadora do Lock Do, porque é “uma mochila desenhada ao contrário”. Todas as aberturas estão colocadas no interior, coladas às costas do utilizador, para resolver “o problema principal” – as mãos curiosas que querem roubar.
O espaço interior também foi otimizado para ser o mais versátil possível e para que facilmente se adapte às necessidades individuais e ao estilo de vida de cada um. De acordo com o fabricante, tudo o que existe nesta mochila tem uma função, até mesmo a escolha dos materiais – o neoprene dos bolsos interiores é mais rijo e esponjoso para guardar o portátil ou o tablet e proteger melhor em caso de queda; ao bolso da garrafa de água foi cortado um canto para evitar a retenção de líquidos, e no bolso para os óculos de sol há tecido de veludo para evitar riscos nas lentes, e tem o tamanho necessário para guardar todas as embalagens com menos de 100ml que tens de mostrar no aeroporto.

Uma boa parceira para o estudante universitário
Porquê? Foi isso que perguntámos à Telma Castro, da Lock Do, que defende que esta é a parceira ideal no dia a dia atribulado de um estudante, porque nela “cabem todos os livros e trabalhos de que os estudantes precisam, e além disso as esponjas que colocámos nas alças e costas da mochila proporcionam o máximo conforto e previnem a escoliose”.
Agora que está a chegar o período de férias, podes pensar nas viagens que vais fazer com os teus amigos e em todas as outras utilizações que lhe poderás dar.

Onde encontrar
Enquanto não há loja física, a Lock Do aconselha a compra online através do site oficial – lockdo.com. De acordo com fonte da empresa, é garantida a entrega da mochila em menos de 24 horas, se residires em Lisboa. O preço é de 90 euros.

Podes tentar ganhar uma destas mochilas através do passatempo que encontras na edição de junho da Mais Superior. Se não fores o vencedor e optares por comprar a Do Backpack, aproveita a campanha especial para os leitores da Mais Superior – quando fores fazer a compra, introduz o código MAISSUPERIOR e beneficia de 5 euros de desconto!

[Texto: Tiago Belim]
[Fotos: Rui Valido]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PGRpdiBjbGFzcz0iZXB5dC12aWRlby13cmFwcGVyIj48aWZyYW1lICBzdHlsZT0iZGlzcGxheTogYmxvY2s7IG1hcmdpbjogMHB4IGF1dG87IiAgaWQ9Il95dGlkXzYxODI5IiAgd2lkdGg9IjQ5MCIgaGVpZ2h0PSIyNzYiICBkYXRhLW9yaWd3aWR0aD0iNDkwIiBkYXRhLW9yaWdoZWlnaHQ9IjI3NiIgIGRhdGEtcmVsc3RvcD0iMSIgc3JjPSJodHRwczovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS9lbWJlZC9SZ0RXTGpXUjktaz9lbmFibGVqc2FwaT0xJmF1dG9wbGF5PTAmY2NfbG9hZF9wb2xpY3k9MSZyZWw9MCZpdl9sb2FkX3BvbGljeT0xJmxvb3A9MCZtb2Rlc3RicmFuZGluZz0xJmZzPTEmcGxheXNpbmxpbmU9MCZhdXRvaGlkZT0yJnRoZW1lPWRhcmsmY29sb3I9cmVkJmNvbnRyb2xzPTEmIiBjbGFzcz0iX195b3V0dWJlX3ByZWZzX18gIG5vLWxhenlsb2FkIiBkYXRhLXZvbD0iMTAiICBkYXRhLWVwYXV0b3BsYXk9IjEiICB0aXRsZT0iWW91VHViZSBwbGF5ZXIiICBhbGxvdz0iYXV0b3BsYXk7IGVuY3J5cHRlZC1tZWRpYSIgYWxsb3dmdWxsc2NyZWVuIGRhdGEtbm8tbGF6eT0iMSIgZGF0YS1za2lwZ2Zvcm1fYWpheF9mcmFtZWJqbGw9IiI+PC9pZnJhbWU+PC9kaXY+