Connect with us

Novidades

O novo espetáculo do Salvador Martinha

Avatar

Publicado há

em

O Tipo Anti-Herói vai chegar para nos salvar a todos do tédio e da má disposição. É o novo espetáculo do Salvador Martinha, e a Mais Superior falou com ele.

Apesar de se chamar Salvador, nunca salvou ninguém. Chegou a altura de tentar, até porque as pessoas precisam de ser salvas de muita coisa: dos amigos chatos, das bolachas para adultos, das namoradas que adormecem a ver séries, da falta de coragem, entre muitas outras.

O Tipo Anti-Herói vai estar em cena no Teatro Tivoli, em Lisboa, de 20 a 22 de outubro, e vai ensinar-nos a fazer tudo isso. Ou talvez não.
A Mais Superior vai ter convites para te oferecer, mas entretanto foi falar com o Salvador Martinha para perceber melhor o que podes esperar…

Salvador, achaste que era tempo de clarificar a mensagem errada que o teu nome passa?
Foi exatamente isso. Se continuar sem salvar ninguém vou ter de mudar o nome para Sócrates.

Para ti, fazer rir é uma forma de salvação? Para ti próprio ou para os teus espetadores?
Boa pergunta. É uma salvação para ambas as partes. Um pessoa que se ri dos seus problemas inspira os outros a fazer o mesmo. A vida fica mais leve.

Então porquê o anti-herói?
Tipo Anti-herói. Se vires bem é uma moda. Toda a gente quer ser anti-herói. Ser super-herói já é muito antigo. É como vestir bem sem parecer que perdemos tempo com isso. Isso é mais fixe do que parecer que demoramos muito tempo a vestir-nos.

Para além de vestires licra e usares uma capa, o que há de novo neste teu espetáculo?
Atenção que não vou assim vestido. O que varia de espetáculo para espetáculo são as temáticas. São novos temas. Novas irritações. Coisas chatas que preciso de transformar em alegrias.

És conhecido por teres uma forte presença nas redes sociais, onde há, cada vez mais, dezenas de páginas humorísticas. Nesse sentido, e na tua opinião, está mais fácil ou mais difícil levar as pessoas a comprar humor? Sentes que precisas de trabalhar mais para te distinguires?
As redes sociais são os novos mupis e outdoors. É ali que se comunica de uma maneira mais eficiente e livre. Tenho a minha própria audiência e as minhas próprias regras, que são não haver regras.

Fica atento ao site da Mais Superior, porque vamos lançar em breve o passatempo que te vai levar a este espetáculo, e à borla.

[Foto: Organização]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *