Connect with us

Lazer & Cultura

Começam amanhã os Encontros da Imagem

Avatar

Publicado há

em

Até 5 de novembro, Braga recebe o festival Encontros da Imagem, que este ano se dedica ao continente africano para fazer uma reflexão sobre a felicidade.

Este é um festival que reúne várias exposições fotográficas, e que este ano se dedica particularmente a trabalhos relacionados com África. Em plano de destaque está um dos artistas mais reconhecidos na história do Mali, Malick Sidibé, falecido em abril deste ano. Em Braga, presta-se-lhe homenagem a partir do dia de amanhã.

A obra de Sidibé é lembrada, muito por culpa das suas fotografias aquando da independência do Mali, que retratavam a alegria das pessoas e a curiosidade em relação a tudo o que estava a acontecer. A partir daí, Sidibé notabilizou-se como retratista, e isso é fundamental para a exposição La vie en rose, que estará no Museu da Imagem de Braga, no âmbito dos Encontros da Imagem. São cerca de 50 fotografias tiradas entre 1960 e 1970.

A obra de Sidibé está perfeitamente enquadrada no tema deste ano do festival, que promete fazer uma reflexão sobre a felicidade – Happiness, A Place in the Sun é o mote – ao mesmo tempo que aborda as temáticas em grande foco em festivais deste género, atualmente, como as guerras e as migrações, com uma atenção especial à crise dos refugiados.

Os Encontros da Imagem deste ano dão ainda a conhecer outros exemplos do destaque ao continente africano, com Lexicon de Viviane Sassen – artista holandesa multipremiada – na Casa dos Crivos. As fotografias de Sassen foram feitas a partir de muitas das suas viagens a países como África do Sul, Zâmbia, Quénia, Uganda, Tanzânia, Gana e Senegal.

Se gostas de fotografia, este é sem dúvida um evento a descobrir.

[Foto: Organização]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *