Connect with us

Novidades

Os melhores candidatos não pagam propinas

Avatar

Publicado há

em

Diversas empresas nacionais e internacionais vão pagar as propinas do 1º ano de curso aos 6 estudantes com as melhores médias de ingresso do Mestrado Integrado de Engenharia Física da Universidade de Aveiro.

Através do estabelecimento de prémios de mérito, as propinas dos alunos selecionados vão ser financiadas pela indústria, numa iniciativa com estreia no próximo ano letivo, e que pretende ajudar a reduzir as necessidades dos engenheiros físicos, numa área de formação que é atualmente a quarta com maior taxa de empregabilidade no Ensino Superior nacional.
Conforme aponta João Miguel Dias, diretor do Departamento de Física da UA, “os prémios de mérito pretendem atrair um maior número de estudantes de elevado potencial para ingressarem neste curso de Mestrado, contribuindo para suprir as necessidades regionais e nacionais de formação nesta área”.

Este prémio é destinado aos 6 estudantes com as médias de acesso mais elevadas – superiores a 14 valores – que ingressem no Mestrado Integrado de Engenharia Física desta instituição no ano letivo 2015/16, consiste no pagamento da propina de 1063,47 euros, referente ao 1º ano do curso, e surge na sequência do reconhecimento desta formação como a única no país distinguida com o selo de qualidade internacional EUR-ACE.

Ainda de acordo com o responsável pelo Departamento de Física da UA, o 5º ano deste curso promove “a realização da dissertação e do estágio em ambiente empresarial, estrategicamente enquadrada para a definição de diferentes perfis das indústrias e empresas de elevado valor tecnológico”.

[Foto: Universidade de Aveiro]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *