Connect with us

Novidades

Artesanato, Música e Gastronomia em Albufeira

Avatar

Publicado há

em

O Festival Al-Buhera está de regresso com muita animação à Praça dos Pescadores, em Albufeira. De 22 a 26 de julho, o local transforma-se numa paisagem que faz lembrar a cultura árabe na região.

Artesanato, Música e Gastronomia prometem animar as tuas noites, num dos eventos mais esperados da época estival no Algarve. É o Festival Al-Buhera, que se realiza de 22 a 26 de julho, na Praça dos Pescadores, em Albufeira.
São várias dezenas de tendas ao longo do espaço, com peças de artesanato em materiais que vão da marroquinaria à cortiça, aos objetos em ourivesaria, cobre e latão, cestaria, têxteis, artes decorativas, velas e sabonetes naturais, aromoterapia, bordados, artigos em tricot e crochet. Vais encontrar artesãos a querer partilhar os segredos da sua arte, com a produção de trabalhos ao vivo. Os diferentes cheiros e sabores provenientes das banquinhas de doces e licores regionais, mel, frutos secos, crepes doces e salgados, molhos e óleos com piripiri e doçaria picante, e fruta fresca coberta de chocolate a que se junta a confeitaria de design, serão um convite irresistível ao teu paladar.

No dia em que abre portas, o Festival Al-Buhera tem como destaque a atuação dos Mare Nostrum, uma banda de Tavira com três trabalhos editados e ótimas críticas a nível internacional. No dia 23, o palco fica por conta dos Primes do Zé, o grupo de Albufeira que vai apresentar um espetáculo de Pop Rock cantado em português e muita energia à mistura. Segue-se a banda Ben & The Pirates, numa verdadeira viagem multicultural dançável e plena de vibrações positivas.

Na sexta-feira, 24, há Filipa Sousa & Gato Malvado Ensemble, acompanhada pelo irreverente Ensemble Gato Malvado, tendo como convidados o grupo Coral da Casa do Alentejo em Albufeira, para um espetáculo onde se juntam dois exemplares nacionais de Património Imaterial da Humanidade: o Fado e o Cante Alentejano.

Os Íris chegam no sábado, dia 25, para por todos a cantar rock com sotaque algarvio, e o programa encerra no domingo, 26, com a atuação d’A Banda Alhada, uma proposta na área da World Music.

Os espetáculos realizam-se pelas 22 horas no palco instalado no recinto do Festival, enquanto a Mostra de Artesanato pode ser visitada diariamente entre as 19 e as 24 horas.

[Foto: Organização]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PGRpdiBjbGFzcz0iZXB5dC12aWRlby13cmFwcGVyIj48aWZyYW1lICBzdHlsZT0iZGlzcGxheTogYmxvY2s7IG1hcmdpbjogMHB4IGF1dG87IiAgaWQ9Il95dGlkXzQwODU0IiAgd2lkdGg9IjQ5MCIgaGVpZ2h0PSIyNzYiICBkYXRhLW9yaWd3aWR0aD0iNDkwIiBkYXRhLW9yaWdoZWlnaHQ9IjI3NiIgIGRhdGEtcmVsc3RvcD0iMSIgc3JjPSJodHRwczovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS9lbWJlZC9SZ0RXTGpXUjktaz9lbmFibGVqc2FwaT0xJmF1dG9wbGF5PTAmY2NfbG9hZF9wb2xpY3k9MSZyZWw9MCZpdl9sb2FkX3BvbGljeT0xJmxvb3A9MCZtb2Rlc3RicmFuZGluZz0xJmZzPTEmcGxheXNpbmxpbmU9MCZhdXRvaGlkZT0yJnRoZW1lPWRhcmsmY29sb3I9cmVkJmNvbnRyb2xzPTEmIiBjbGFzcz0iX195b3V0dWJlX3ByZWZzX18gIG5vLWxhenlsb2FkIiBkYXRhLXZvbD0iMTAiICBkYXRhLWVwYXV0b3BsYXk9IjEiICB0aXRsZT0iWW91VHViZSBwbGF5ZXIiICBhbGxvdz0iYXV0b3BsYXk7IGVuY3J5cHRlZC1tZWRpYSIgYWxsb3dmdWxsc2NyZWVuIGRhdGEtbm8tbGF6eT0iMSIgZGF0YS1za2lwZ2Zvcm1fYWpheF9mcmFtZWJqbGw9IiI+PC9pZnJhbWU+PC9kaXY+