Connect with us

Lazer & Cultura

As Curtas estão de volta a Vila do Conde

Avatar

Publicado há

em

De 4 a 12 de julho, o Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema volta a ser a montra privilegiada da mais recente produção em formato curto nacional, internacional, experimental e de vídeos musicais. As competições Take One! e Curtinhas também repetem presença.

A Competição Nacional do Curtas Vila do Conde vai voltar a apresentar a liberdade criativa do cinema português, com um conjunto de filmes que voltam a colocar a curta-metragem portuguesa no radar dos festivais internacionais. 2015 será o ano de realizadores como Sandro Aguilar, Salomé Lamas, Filipa César, Jorge Quintela, João Rosas, Basil da Cunha ou Luís Alves de Matos, todos eles ligados à história do Curtas Vila do Conde.

O melhor filme da Competição Nacional será galardoado com o Prémio BPI, no valor de 2000 euros, e o Prémio Pixel Bunker, com 2500 euros em serviços. A SPA – Sociedade Portuguesa de Autores premiará com 1500 euros o filme nacional mais votado pelo público. Já o melhor realizador português será distinguido pela DigiMaster, com um prémio no valor de 3000 euros em serviços.

Por sua vez, a Competição Internacional do Curtas Vila do Conde terá uma grande diversidade temática e geográfica, através de filmes de Virgil Widrich, Bill Plympton, Antonin Peretjatko, Kleber Mendonça Filho, Sergei Loznitsa, entre outros. Ao melhor filme desta competição será atribuído o Grande Prémio Jameson, no valor de 2000 euros.

Será também distinguida a melhor curta-metragem de cada categoria a concurso: Animação, Documentário e Ficção. Ao filme mais votado pelo público será atribuído o Prémio do Público Niepoort, no valor de 1000 euros. Ainda na Competição Internacional, será anunciado o prémio para Melhor Curta-Metragem Europeia, que inclui a nomeação para os Prémios do Cinema Europeu organizados anualmente pela European Film Academy.

Depois, a Competição Experimental. Esta voltará a desafiar convenções, apresentando artistas e cineastas que ousam olhar mais à frente, como Volker Schreiner, Johan Grimonprez, Peter Tscherkassky, Ken Jacobs, Johan Lurf, Bill Morrison, Jennifer Reeves, Louise & Jane Wilson, Jay Rosenblatt e Deborah Stratman. O melhor filme experimental será premiado com 750 euros.

A Competição de Vídeos Musicais regressa ao Curtas Vila do Conde num formato dedicado à produção nacional, com artistas como Clã, X-Wife, PZ, Gala Drop e Linda Martini. Na tela grande do Teatro Municipal, estes filmes ganharão outra dimensão. O melhor vídeo em competição receberá um prémio no valor de 750 euros, patrocinado pela Fnac.

Reservada a filmes de estudantes, a Competição Take One! apresentará uma nova geração de talentos saída das escolas de cinema e audiovisual. O melhor filme desta competição arrecadará três prémios: Prémio Smiling, no valor de 1500 em serviços de aluguer de equipamento com patrocínio Smiling/Nova Imagem, o Prémio Restart, que consiste num vale em formação e/ou utilização em meios de produção e pós-produção com equipamento ou espaços técnicos no valor de 500 euros na Restart – Escola de Criatividade e Novas Tecnologias, e o Prémio da Agência da Curta Metragem, que garantirá a inscrição do filme num circuito internacional de festivais de cinema.

Por fim, na Competição Curtinhas, o júri – composto por 15 crianças com idades entre os 6 e os 12 anos – votará no melhor filme, ao qual será atribuído um prémio de 1000 euros patrocinado pelo Mar Shopping. Esta seção do Festival conta também com um espaço infantil e várias oficinas, permitindo aos mais novos participarem numa semana de cinema em família.

[Foto: Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *