Connect with us

Lazer & Cultura

As redes sociais nos festivais de música

Avatar

Publicado há

em

A edição 2015 do Talkfest – Fórum sobre o Futuro dos Festivais de Música em Portugal já chegou ao fim, mas foram muitos os pontos de interesse que vale a pena conheceres. Um deles foi a conversa que reuniu os músicos NBC e Miguel Ângelo, um fotógrafo, um responsável pelas Produções Fictícias e a Diretora de Live Experiences do Sumol Summer Fest, a propósito do uso das redes sociais nos festivais…

“O contacto e a vivência pessoal é essencial na experiência de um festival.” A frase é de Karla Campos, Diretora Live Experiences, Sumol Summer Fest/EDP CoolJazz, e resume bem aquilo que se falou no Talkfest sobre o uso das redes sociais no meio de um festival de música. E se gostas de usar o teu smartphone para tirar aquela selfie que te vai fazer recordar aquele momento para sempre, ou de fazer os teus posts sobre o concerto que tanto esperavas ver, são os próprios músicos a achar isso perfeitamente natural: “Eu próprio uso as redes sociais nos festivais para falar de uma banda ou de um momento marcante para mim”, disse o Miguel Ângelo, vocalista dos Delfins, defendendo ainda que considera “o uso da Internet e do telemóvel como algo normal”, e que os músicos devem acompanhar essa tendência produzindo “grandes conteúdos que passem a mensagem”.

O rapper NBC também concorda, e vai mais longe: “Hoje em dia, ser um músico destacado implica estar presente nas redes sociais. A imagem é hoje mais importante que o som, e a prova disso são os Tame Impala, uma banda que é cabeça de cartaz em Portugal este ano, e que começou precisamente com uma presença forte nas redes sociais”, referiu, durante esta conferência do Talkfest.
O músico deixou ainda uma mensagem importante para todos os jovens que querem dar a conhecer a sua música, assegurando que “há hoje mais igualdade de oportunidades para as pequenas bandas se mostrarem, e o YouTube é das melhores ferramentas do mundo, uma verdadeira porta para o mundo. Tu e a tua guitarra em tua casa têm a vossa oportunidade mesmo ali”.

Curiosa ainda a perspetiva de Gonçalo Fonseca, Branded Content & Comunicação das Produções Fictícias, que diz ser preciso “aproveitar a onda” das redes sociais, e que os artistas precisam de conseguir “lidar diretamente com os seus fãs”. De resto, a tua interação com as redes sociais está também a “criar oportunidades” para os artistas.

E tu, que uso fazes das redes sociais enquanto te divertes num festival de música?

[Foto: Talkfest]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PGRpdiBjbGFzcz0iZXB5dC12aWRlby13cmFwcGVyIj48aWZyYW1lICBzdHlsZT0iZGlzcGxheTogYmxvY2s7IG1hcmdpbjogMHB4IGF1dG87IiAgaWQ9Il95dGlkXzEwNDQxIiAgd2lkdGg9IjQ5MCIgaGVpZ2h0PSIyNzYiICBkYXRhLW9yaWd3aWR0aD0iNDkwIiBkYXRhLW9yaWdoZWlnaHQ9IjI3NiIgIGRhdGEtcmVsc3RvcD0iMSIgc3JjPSJodHRwczovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS9lbWJlZC9SZ0RXTGpXUjktaz9lbmFibGVqc2FwaT0xJmF1dG9wbGF5PTAmY2NfbG9hZF9wb2xpY3k9MSZyZWw9MCZpdl9sb2FkX3BvbGljeT0xJmxvb3A9MCZtb2Rlc3RicmFuZGluZz0xJmZzPTEmcGxheXNpbmxpbmU9MCZjb250cm9scz0xJmNvbG9yPXJlZCZhdXRvaGlkZT0yJnRoZW1lPWRhcmsmIiBjbGFzcz0iX195b3V0dWJlX3ByZWZzX18gbm8tbGF6eWxvYWQiIGRhdGEtdm9sPSIxMCIgIGRhdGEtZXBhdXRvcGxheT0iMSIgIHRpdGxlPSJZb3VUdWJlIHBsYXllciIgIGFsbG93PSJhdXRvcGxheTsgZW5jcnlwdGVkLW1lZGlhIiBhbGxvd2Z1bGxzY3JlZW4gZGF0YS1uby1sYXp5PSIxIiBkYXRhLXNraXBnZm9ybV9hamF4X2ZyYW1lYmpsbD0iIj48L2lmcmFtZT48L2Rpdj4=